ADHEMAR
A fantástica história de um político populista desbocado, amado e odiado, inspirador do infame lema “rouba, mas faz”, que participou do golpe militar de 1964, foi posto de lado pelos generais e morreu exilado em Paris, depois de marcar sua época e história do Brasil.

DEUSES DO OLIMPO
Explore o universo mágico da Grécia Antiga e conheça as histórias dos personagens mais famosos da mitologia. Um livro para gente pequena e gente grande tambécm! ( + )

OS VENCEDORES
Quem ganhou, perdeu. Quem perdeu, ganhou. Cinquenta anos após o advento da ditadura de 1964, é assim que se resume a ópera daqueles anos de chumbo, sangue e lágrimas. Por ironia, os vitoriosos de ontem habitam os subúrbios da História, enquanto os derrotados de então são os vencedores de agora. ( + )

A VILA QUE DESCOBRIU O BRASIL
Um convite a conhecer mais de quatro séculos de história de Santana de Parnaíba, um município que tem muito mais a mostrar ao país. Dos personagens folclóricos, tapetes de Corpus Christi, das igrejas e mosteiros, da encenação ao ar livre da “Paixão de Cristo”. Permita que Ricardo Viveiros te conduza ao berço da nossa brasilidade. ( + )

O BRASIL PRIVATIZADO
Aloysio Biondi, um dos mais importantes jornalistas de economia que o país já teve, procurou e descobriu as muitas caixas-pretas das privatizações. E, para nosso espanto e horror, abriu uma a uma, escancarando o tamanho do esbulho que a nação sofreu. ( + )

CENTELHA
Em “Centelha”, continuação da série “Em busca de um novo mundo”, Seth vai precisar ter muita coragem não só para escapar da prisão, mas para investigar e descobrir quem é esse novo inimigo que deixa um rastro de sangue por onde passa. A saga nas estrelas continua, com muita ação de tirar o folego! ( + )

MALUCA POR VOCÊ
Famosa na cidade pelos excessos do passado, Lily terá de resistir ao charme de um policial saradão oito anos mais jovem que acaba de chegar na cidade. Prepare-se para mais um romance apimentado e divertidíssimo escrito por Rachel Gibson.. ( + )

NOS IDOS DE MARÇO
A ditadura militar na voz de 18 autores brasileiros em antologia organizada por Luiz Ruffato. Um retrato precioso daqueles dias, que ainda lançam seus raios sombrios sobre os dias atuais. ( + )





Browsing articles in "Sem categoria"
jan 22, 2013
admin

25 anos sem Henfil

jul 15, 2012
admin

Olá, mundo!

Bem-vindo ao WordPress. Esse é o seu primeiro post. Edite-o ou exclua-o, e comece a publicar!

ago 9, 2011
Editora Leitura

TPM – Tendência para matar

tpm
Autora: Bruna Gasgon
Formato: 13,5×20,5
Páginas: 100
Categoria: Autoajuda
ISBN: 978-85-63420-07-7
Código de Barras: 978-85-63420-07-7
Preço: R$ 19,90

Sinopse:
TPM – TENDÊNCIA PARA MATAR veio para esclarecer aqueles dias em que toda mulher se torna um perigo para maridos, namorados, amigas e amigos que a cercam. A “tensão pré-menstrual”, com sua carga de nervosismo, ansiedade, angústia, pode levar algumas mulheres a realmente saírem correndo com uma arma atrás de quem as perturba.

Mas o perigo pode ser aliviado e combatido pelo esclarecimento. Numa prosa coloquial e bem-humorada, a palestrante Bruna Gasgon, especializada em cursos e workshops de motivação profissional e problemas interpessoais, deixa claro que o conhecimento é a salvação. Não só para as mulheres, mas para os homens que as amam e em geral não as compreendem. E para todos que têm que conviver com os efeitos do problema, direta ou indiretamente.

——————————————————————-

TPM – “TENDÊNCIA PARA MATAR”: VISÃO BEM-HUMORADA DE UM PROBLEMA ANGUSTIANTE

 Ao cantar “mulher é um bicho esquisito/todo mês sangra”, a roqueira Rita Lee apenas falava de um modo engraçado e alegre de um problema feminino que sempre gerou grandes angústias na mulher e medo e superstição nos homens. A clássica TPM, ou tensão pré-menstrual, termo cercado de uma aura de desprazer e maldição entre homens e mulheres, é a responsável pela ideia de que a mulher, sangrando todo mês, traz consigo uma carga atávica de desespero e de loucura, traduzida no nervosismo e nas ansiedades que a TPM acarreta. No entanto, não há problema que não possa ser tratado seriamente, com objetividade, desde que a inteligência e o humor entrem em ação.

É o caso do livro TPM- Tendência Para Matar, de Bruna Gasgon (98 páginas) que a Geração Editorial está lançando.  Já nos subtítulos, Gasgon diz a quem está se dirigindo com seu tratado bem-humorado sobre o assunto tabu: “Para você, mulher, que sabe exatamente o que eu quero dizer com isso.”

Com um prefácio da própria autora, o livro conta com 11 capítulos sempre sucintos, bem escritos, em que o problema, seríssimo, pois pode gerar até ataques violentos e homicidas quando algumas mulheres mergulham em atitudes totalmente irracionais ao serem acometidas por ele, é analisado minuciosamente, revelando curiosidades, dicas, detalhes e costumes femininos aos quais os homens sempre dedicam pouca atenção, para maior desespero das mulheres, que precisam contar com a compreensão dos parceiros nessas horas bem difíceis e nem sempre a encontram. Por isso, em seu prefácio, Gasgon vai advertindo que seu livro trata de problemas femininos, mas que é fundamental que os homens também o leiam para saber como lidar com ele de modo lúcido e inteligente.

Exemplos do bom-humor com o qual o problema da TPM é tratado no livro se revelam já nos títulos dos capítulos, que fisgam o interesse do leitor pela engenhosidade e pela promessa de mexer em temas interessantes e nem sempre considerados: “Hormônios Assassinos”, “Você pode matar pelo menos uma pessoa”, “Quando os absorventes eram do tamanho de um Fusca”. Preocupada em divulgar corretamente as causas orgânicas do mal-estar e advertir as mulheres sobre o que pode ou não ser feito neste período, Bruna Gasgon também se preocupa com os efeitos psicológicos da TPM nas relações interpessoais, lembrando aquelas reuniões exclusivas de mulheres que podem se revelar tremendamente complicadas e agressivas devido aos efeitos imprevisíveis da TPM sobre os nervos, bem como esclarece costumes seculares, incorretos e obscurantistas relativos à menstruação, que só para gerações femininas recentes é um assunto abordado às claras. Fala, com humor e conhecimento, de mães que criavam outras tantas superstições na tentativa de ajudarem as filhas a enfrentarem o problema, da ineficácia e do desconforto dos velhos absorventes que, só com o tempo, foram se tornando mais folgados e racionais para as mulheres.

Cólicas, enxaquecas, fibromas, pólipos, altos e baixos de humor, displasia, vários males associados a esse mal cujas torturas psicológicas afetam a mulher e quem mais estiver ao seu redor, são esclarecidos sempre com atenção e consideração, atacando os preconceitos, numa visão generosa e cúmplice. Com sua experiência como palestrante, formada em Publicidade e Propaganda, coach, executiva e artista, organizadora de cursos e workshops sobre motivação em várias áreas, tendo participado dos programas de tevê de Hebe Camargo, Jô Soares e Marília Gabriela, entre outros, Bruna Gasgon sabe do que está falando, como mulher e como estudiosa do assunto, e quer dividir seu conhecimento com muitas leitoras para aliviar o sofrimento de uma verdadeira “praga” que assola a vida feminina.

Páginas:«1...1718192021222324

CADASTRE-SE EM NOSSA NEWSLETTER


NOSSOS CONTATOS

Geração Editorial
Rua João Pereira, 81
Lapa - São Paulo – SP
05074-070
Telefone: +55 (11) 3256-4444
geracaoeditorial@geracaoeditorial.com.br