maio 31, 2010
Editora Leitura

PROMOÇÃO CATASTRÓFICA – ÚLTIMO DIA!!!!

POR QUE MATAREMOS E SEREMOS MORTOS NO SÉCULO 21?

A resposta mais criativa receberá em casa um exemplar de “Guerras Climáticas” em casa. Promoção válida até 30 de maio, envie a resposta pelo blog.

Mais sobre o assunto: As tragédias já deram o que falar em 2010. Angra dos Reis, São Luis do Paraitinga, Haiti, China, Niterói, Chile, Turquia e etc. Só esse ano, quantas vidas foram colocadas em riscos por fenômenos ambientais? Milhares e milhares, mortos, desabrigados e doentes e abandonados.

Foram desastres previsíveis?

Esse cenário apocalíptico – cujos sinais já estão presentes em quase todo o planeta – é apresentado e comentado no livro “Guerras Climáticas – por que mataremos e seremos mortos no século 21″, lançado pela Geração e escrito pelo cientista e psicólogo social alemão Harald Welzer, do Instituto de Ciências Culturais de Esse e professor da Universidade e Witten-Herdecke.

Mais informações em www.geracaoeditorial.com.br

24 Comments

  • […] Harald Welzer nos aponta um cenário apocalíptico e adverte: o que estamos fazendo para conter o terror que se avizinha? *** Ganhei este livro em uma promoção “catastrófica” no Blog Geração Editorial, com a resposta mais criativa à pergunta “Por que mataremos e seremos mortos no século XXI?” Veja mais aqui. […]

  • Na resposta anterior faltaram parágrafos essenciais, por favor, aceitem esta resposta!!! =)

    O homem mobiliza exércitos para guerras;
    Milhões morrem inutilmente;
    A vida do próximo não importa;
    O importante é o poder, somente.

    O poder não o satisfaz;
    O dinheiro não é o bastante;
    Infelizmente, sua ganância;
    Aumenta a cada instante.

    Muitos gritam pela paz;
    Poucos deles são ouvidos;
    Já os muitos que gritam pela guerra;
    Têm seus gritos sempre atendidos.

    E a natureza;
    É cada vez mais destruída;
    Logo ela;
    Tão importante para nossa vida;

    Todos os desastres dos últimos tempos;
    É inevitável pensar;
    Que foram um aviso da natureza;
    Uma chance para a nossa atitude mudar.

    Até hoje não adiantou;
    A cada dia é maior a poluição;
    A cada dia é maior o sofrimento;
    A cada dia é a maior a destruição.

    Esses são os motivos pelos quais no Século 21;
    Inevitavelmente, nós mataremos;
    Mas, consequentemente;
    Esses também são os motivos pelos quais morreremos.

    A pergunta que fica é;
    Vale a pena?

  • porque enquanto brincamos e dançamos o rebolation, não nos damos conta do que fazemos ao mundo em que vivemos,nós só destruimos,poluimos etc… reclamamos, e queremos soluções, mas os meios para conseguir solucionar o problema ninguem quer saber, e nem fazer nada em prol disso, é por nossa falta de amor ao que nos dá vida que morreremos no final.

  • Na resposta anterior faltaram parágrafos essenciais, por favor, aceitem esta resposta!

    O homem mobiliza exércitos para guerras;
    Milhões morrem inutilmente;
    A vida do próximo não importa;
    O importante é o poder, somente.

    O poder não o satisfaz;
    O dinheiro não é o bastante;
    Infelizmente, sua ganância;
    Aumenta a cada instante.

    Muitos gritam pela paz;
    Poucos deles são ouvidos;
    Já os muitos que gritam pela guerra;
    Têm seus gritos sempre atendidos.

    E a natureza;
    É cada vez mais destruída;
    Logo ela;
    Tão importante para nossa vida;

    Todos os desastres dos últimos tempos;
    É inevitável pensar;
    Que foram um aviso da natureza;
    Uma chance para a nossa atitude mudar.

    Até hoje não adiantou;
    A cada dia é maior a poluição;
    A cada dia é maior o sofrimento;
    A cada dia é a maior a destruição.

    Esses são os motivos pelos quais no Século 21;
    Inevitavelmente, nós mataremos;
    Mas, consequentemente;
    Esses também são os motivos pelos quais morreremos.

    A pergunta que fica é;
    Vale a pena?

  • O homem mobiliza exércitos para guerras;
    Milhões morrem inutilmente;
    A vida do próximo não importa;
    O importante é o poder, somente.

    O poder não o satisfaz;
    O dinheiro não é o bastante;
    Infelizmente, sua ganância;
    Aumenta a cada instante.

    Muitos gritam pela paz;
    Poucos deles são ouvidos;
    Já os muitos que gritam pela guerra;
    Têm seus gritos sempre atendidos.

    Esses são os motivos pelos quais no Século 21;
    Inevitavelmente, nós mataremos;
    Mas, consequentemente;
    Esses também são os motivos pelos quais morreremos.

    A pergunta que fica é;
    Vale a pena?

  • O ser humano esta brincando de ser Deus, mas enquanto Deus é perfeito em suas criações, o homem destrói ao construir e dessa forma as catástrofes são inevitáveis. O homem destruirá cada vez mais a natureza e o seu semelhante por causa de sua ganância desenfreada e isso desencadeara um processo irreversível de destruição aos ecos sistemas a fauna e aflora ocasionando assim um desequilíbrio mortal ao ser humano

  • Porque este ciclo da vida esta se fechando. Seja a bíblia, astros, cientistas e até ufólogos estão todos falando a mesma coisa em línguas distintas. Os recursos da Terra estão com prazo de validade espirando, o astro rei quer se aposentar e a consequência é o caos, o tão temido e ao mesmo tempo aclamado fim dos tempos.

  • Porque a ganância de poucos se sobrepõe às necessidades de muitos.

  • Somente mataremos e seremos mortos, se fecharmos os olhos para os alertas diários que a Terra nos manda. Diante de toda informação disponível, sobre os efeitos da ação destrutiva do homem, não devemos nos apavorar, mas demonstrar que somos capazes de acabar com a destruição ambiental , viver em harmonia com outras espécies e que portanto, merecemos habitar esse planeta.

  • Escrevi errado nesta resposta. Vou enviar outra.

  • Somente nos mataremos e seremos mortos, se fecharmos os olhos para os alertas diários que a Terra nos manda. Diante de toda informação disponível, sobre os efeitos da ação destrutiva do homem, não devemos nos apavorar, mas demonstrar que somos capazes de acabar com a destruição ambiental , viver em harmonia com outras espécies e que portanto, merecemos habitar esse planeta.

  • Por que nós buscamos o crescimento econômico a qualquer custo e ainda assim, acreditamos na existência do futuro.
    O que não conseguimos perceber é que ‘crescer a quqalquer custo’ e ‘futuro’ são dois desejos que não podem coexistir, e, infelizmente, mataremos muitas pessoas e muitas pessoas morrerão até nos darmos conta disso.

  • Mataremos para sobreviver, e seremos mortos por alguém com um instinto de sobrevivência maior do que o nosso ou quando estivermos cansado de lutar.

  • Porque o homem é um animal social que não sabe viver em sociedade.

  • O homem é um bicho egoísta, que busca atender suas necessidades e desejos imediatos, sem conseguir olhar para frente. E por mais que lhe sejam dados argumentos e informações, ele não faz uso do que não lhe é interessante. Então pergunta-se por que mataremos e seremos mortos? Oras, pela única razão do egoísmo!
    Quem dera esse mesmo homem conseguisse livrar-se dos olhos no espelho, e passasse a enxergar o outro como parte de si, então pudesse evitar essa mortandade!

  • Porque os “seres humanos” não se importam com os outros, pensam somente em si, cada um disputando um espaço que é do coletivo, e sem o coletivo não somos nada. Não conseguiremos viver sozinhos nunca. Precisamos do outro ao nosso lado. Porque os “seres humanos” não percebem que o mundo não é meu, nem seu e sim nosso. Não se importam com a forma que o tratamos o planeta, como se não houvesse gerações futuras e não vemos que nós somos só uma parte do que completa o planeta e não a única parte.
    Nos mataremos e seremos mortos no século 21 porque somos egoístas e gananciosos.

  • Porque até lá já teremos destruído tudo o que tem em nosso planeta. Não teremos água, comida, nada para os nosso descendentes.

  • Porque o homem, em sua “evolução”, tem involuído em sua qualidades e evoluído em defeitos como o egoísmo e a indiferença social. O ser contemporâneo cada vez mais valoriza o seu bem-estar em detrimento do bem-estar coletivo… e somos culturalmente moldados para isso. Isso porque, antigamente, os pais educavam os filhos para ser pessoas boas e honestas. Hoje, educam para que sejam capazes de se dar bem a qualquer custo – mesmo que, para se dar bem, seja necessário deixar de ser uma pessoa boa e honesta.

  • O homem agride a natureza sem pensar no amanhã, o amanhã em que nossos filhos e netos viveram. Quando nos dermos conta que poderia ser diferente,será tarde, afinal a natureza já esta mostrando as reações destas agressões. Gente, vamos, talvez ainda poderemos viver em harmonia com a natureza, porém, muitos tem que esquecer do lado lucrativo das coisas e pensar mais no benefício geral dos homens.

  • Resposta simples:

    Porque se colhe o que se planta…Literalmente.

  • Já passou da hora deste tema ser levado a sério pelo poder público de forma interpartidária, pelos países de 1º e 3º mundo, por todos… comprometimento total…

  • Porque estamos plantando sementes mortíferas na terra fértil da vida. Plantamos poluição, falta de senso, egoísmo e muitas outras (f)utilidades da vida moderna. E como minha avó já dizia, nós colhemos o que plantamos. Devemos repensar nossos atos… Será que é esse fruto que queremos para nosso futuro?!

  • Nesse século a natureza está cansada de ser judiada, e ela está mostrando o que pode ser capaz, e se continuarmos a matar o que nos da vida, ela com certeza irá nos matar. Salve a natureza, salve-nos.

    • Por tudo que lhes é conveniente naquele momento… o Homem neste século mata por querer, sem necessitar assim de motivos!

Leave a comment

CADASTRE-SE EM NOSSA NEWSLETTER


NOSSOS CONTATOS

Geração Editorial
Rua João Pereira, 81
Lapa - São Paulo – SP
05074-070
Telefone: +55 (11) 3256-4444
geracaoeditorial@geracaoeditorial.com.br