ADHEMAR
A fantástica história de um político populista desbocado, amado e odiado, inspirador do infame lema “rouba, mas faz”, que participou do golpe militar de 1964, foi posto de lado pelos generais e morreu exilado em Paris, depois de marcar sua época e história do Brasil.

DEUSES DO OLIMPO
Explore o universo mágico da Grécia Antiga e conheça as histórias dos personagens mais famosos da mitologia. Um livro para gente pequena e gente grande tambécm! ( + )

OS VENCEDORES
Quem ganhou, perdeu. Quem perdeu, ganhou. Cinquenta anos após o advento da ditadura de 1964, é assim que se resume a ópera daqueles anos de chumbo, sangue e lágrimas. Por ironia, os vitoriosos de ontem habitam os subúrbios da História, enquanto os derrotados de então são os vencedores de agora. ( + )

A VILA QUE DESCOBRIU O BRASIL
Um convite a conhecer mais de quatro séculos de história de Santana de Parnaíba, um município que tem muito mais a mostrar ao país. Dos personagens folclóricos, tapetes de Corpus Christi, das igrejas e mosteiros, da encenação ao ar livre da “Paixão de Cristo”. Permita que Ricardo Viveiros te conduza ao berço da nossa brasilidade. ( + )

O BRASIL PRIVATIZADO
Aloysio Biondi, um dos mais importantes jornalistas de economia que o país já teve, procurou e descobriu as muitas caixas-pretas das privatizações. E, para nosso espanto e horror, abriu uma a uma, escancarando o tamanho do esbulho que a nação sofreu. ( + )

CENTELHA
Em “Centelha”, continuação da série “Em busca de um novo mundo”, Seth vai precisar ter muita coragem não só para escapar da prisão, mas para investigar e descobrir quem é esse novo inimigo que deixa um rastro de sangue por onde passa. A saga nas estrelas continua, com muita ação de tirar o folego! ( + )

MALUCA POR VOCÊ
Famosa na cidade pelos excessos do passado, Lily terá de resistir ao charme de um policial saradão oito anos mais jovem que acaba de chegar na cidade. Prepare-se para mais um romance apimentado e divertidíssimo escrito por Rachel Gibson.. ( + )

NOS IDOS DE MARÇO
A ditadura militar na voz de 18 autores brasileiros em antologia organizada por Luiz Ruffato. Um retrato precioso daqueles dias, que ainda lançam seus raios sombrios sobre os dias atuais. ( + )





Browsing articles tagged with "Arquivos maria madalena - Geração Editorial"
ago 5, 2013
admin

A mulher que amou Jesus

CAPA_MADALENA

Quem foi Maria Madalena? Uma prostituta arrependida? Uma deusa da Antiguidade? A esposa de Jesus, com quem se casou e teve filhos, no sul da França – como querem os teóricos da conspiração que afirmam ter sido Jesus não o filho de Deus, mas um homem comum, que sobreviveu ao martírio da cruz? Seria Maria Madalena – como propagado no livro O Código Da Vinci – realmente o pivô do maior segredo da Igreja Católica, guardado há séculos pelos sábios do Priorado de Sião – entre eles Leonardo Da Vinci, que a teria retratado ao lado de Jesus, na Santa Ceia?
O romance, alerta Margaret, é uma obra de ficção, mas todos os fatos históricos nele incluídos foram rigorosamente obtidos de documentos.

Antes de escrever seu romance – no qual, é claro, precisou criar novos personagens e novas tramas, estas sim, frutos da imaginação – Margaret George pesquisou todos os Evangelhos canônicos (aceitos pela Igreja Católica) e também os apócrifos (que a Igreja não aceita). Leu textos de apóstolos como Paulo. Leu todos os historiadores, principalmente romanos, do Século I, que se debruçaram sobre a época de Jesus, e muitos documentos que a Igreja Católica gostaria de esconder.
O resultado é fascinante: mesclando história, religião, mistério e grande arte, Margaret George escreveu um livro que prende o leitor da primeira à última página.

Mais informações aqui.

maria_madalena

Adquira essa obra por um preço especial. Clique aqui.

mar 8, 2012
Editora Leitura

08/03 – Dia Internacional da Mulher

As obras da Geração são fortemente marcadas pela presença de mulheres que marcaram a história da humanidade. E aproveitamos o ‘dia internacional da mulher’ para homenagear todas as mulheres e a constante luta por dignidade e igualdade social.
Diversas mulheres, anônimas ou personalidades, foram capazes de reverter o estereótipo “sexo frágil’ e se tornaram peças fundamentais para escrever a história. Conheça um pouco do muito que as mulheres da Geração Editorial tem para mostrar:

Veneno nas veias
Autor:
M. G. Scarsbrook
Sinopse:
Ela se tornou uma lenda por sua beleza, sua sexualidade e seus crimes, nos quais utilizava fulminantes poções venenosas. Mas quem foi, de fato, Lucrécia, a filha do Papa Alexandre VI, o patriarca da corrupta e violenta família Bórgia, que na modernidade já rendeu romances, filmes e minisséries de TV?
Neste romance histórico eletrizante, a própria Lucrécia Bórgia narra sua história, revelando a vida, costumes, crimes e intrigas na Europa do século XV, período em que a Igreja Católica estava corrompida e os papas mandavam nos reis. Personagens fascinantes, como o próprio Nicolau Maquiavel, autor do clássico “O Príncipe”, circulam no meio de reis, príncipes, cortesãs, cardeais, artistas, num painel rico e extraordinário muito parecido com os dias atuais, quando governantes corruptos e poderosos também usam todos os meios para garantir seu poder, riqueza e privilégios.

Mulheres de Cabul
Autora: Harriet Logan – Reportagem
Sinopse: Mulheres de Cabul, da polêmica e premiada fotógrafa inglesa Harriet Logan, revela os sonhos e os sofrimentos das fortes mulheres do Afeganistão durante o regime de terror do Taleban e depois dele. Reportagem viva e emocionante, Mulheres de Cabul supera qualquer ficção. De maneira mais realista e crua, sem deixar de possuir beleza, ele amplia o universo afegão mostrado em O caçador de pipas, de Khaled Hosseini, e em O livreiro de Cabul, de Asne Seierstad. Com uma vantagem adicional: traz dezenas de belíssimas fotos. É um livro impressionante sobre um mundo tão absurdo que parece pesadelo. Entre outras proibições, as mulheres não podiam trabalhar fora nem freqüentar escolas. Era proibido rir em público, ouvir música, empinar pipas, e fotografias eram consideradas formas de idolatria.

Papisa Joana
Autor: Donna Woolfolk Cross – Romance Histórico
Sinopse: No ano de 814, Idade Média, que ficou conhecida como a Idade das Trevas, as mulheres eram impedidas de estudar, podiam ser estupradas e até mortas pelos maridos. O conhecimento estava sufocado, os países hoje conhecidos na Europa não existiam, nem os idiomas modernos. Cada região tinha o seu dialeto e a lingua culta era o latim, herdada do Império Romano, que já havia sido derrubado pelas invasões bárbaras. Foi neste período sombrio que uma mulher passou a maior parte de sua vida vestida de homem, estudou medicina, foi médica do papa e tornou-se ela mesma papisa – durante dois anos. A história da Papisa Joana foi conhecida até o século XVII, quando o Vaticano resolveu apagá-la da história da Igreja. Não adiantou. Dona Woolfolk Cross pesquisou, descobriu os arquivos e achou a história tão fascinante que a transformou num romance, em que aventura, sexo e poder cruzam-se com maldições, guerras e heresias. O livro foi transformado num grande filme que estréia até o final do ano no Brasil.

A Escolha de Sofia

Autor: William Styron – Romance
Sinopse: UM DOS MELHORES E MAIS POLÊMICOS ROMANCES DO SÉCULO XX Com três milhões de exemplares vendidos, 47 semanas nas listas de best-sellers do Times e vencedor do National Book Award de 1980, A escolha de Sofia mostra, em sua patética grandeza, com perfeito domínio do tempo na narrativa e um texto denso e envolvente, o drama de uma mulher corroída pela culpa, que nenhuma felicidade consegue desviar do puro e simples aniquilamento, e para quem a única possibilidade de vida é uma ligação alucinante e destrutiva. Para além das cercas eletrificadas e das câmaras de gás, o campo de concentração de Auschwitz continuava a fazer vítimas. A escolha de Sofia com roteiro, produção e direção de Alan J. Pakula, teve versão cinematográfica de grande êxito: eleito melhor filme de 1983 pela Associação de Críticos de Nova York e Los Angeles e ganhador do Globo de Ouro da Associação de Imprensa Estrangeira de Hollywood, deu à atriz Meryl Streep o segundo Oscar de sua carreira.

A Massai branca – Meu caso de amor com um guerreiro africano
Autor: Corinne Hofmann – Auto-Biografia
Sinopse: Em A massai branca – meu caso de amor com um guerreiro africano, lançado pela Geração Editorial-Ediouro, a suíça Corinne Hoffmann conta sua história de amor sem fronteiras com o guerreiro massai Lketinga. Em férias no Quênia, ela estava acompanhada do então namorado e tinha 26 anos quando viu Lketinga. Foi uma paixão à primeira vista. Depois largou tudo para viver com seu novo e exótico amor. Narrado de maneira graciosa e bem-humorada, o livro traz uma lição de vida que virou filme de sucesso e fascinou 4 milhões de leitores em 19 idiomas e 24 países. Uma leitora escreveu o seguinte na Internet: “Você acha que já fez muitas loucuras na vida? Já amou à primeira vista e quase morreu com o coração pulando na boca e largou tudo e todos para viver esse amor? Virou a mesa e mudou o rumo da sua vida, numa atitude passional? Todos nós temos histórias para contar – mas nada se compara com a de Corinne Hoffmann. Ela se apaixona por um guerreiro africano e vai viver com ele. São dois seres tão diferentes que tudo vai mais além do que simplesmente se casar com um cara diferente. Um livro lindo, uma história real e por isso mesmo mais do que fascinante!”. O casal teve uma filha.

Coleção: Memórias de Cleópatra
Autora:
Margaret George – Romance
Sinopse: A história de poder, paixão e glória: a tragédia da rainha do Egito, Cleópatra, que se tornou amante de Júlio César e de Marco Antônio e viveu um dos mais apaixonantes dramas da História Antiga. Num ritmo alucinante, a autora revive cenários e personagens nas cidades de Roma e Alexandria, prendendo o leitor do início ao fim. A coleção é dividida em 3 volumes: A filha de Ísis, Sob o signo de Afrodite e O beijo da Serpente.

Maria Madalena
Autor:
Margaret George – Romance
Sinopse: A história de Maria Madalena, a mulher que amou Jesus e tornou-se a mais tocante companheira dos discípulos do mestre. Mas quem teria sido de fato esta mulher? Uma prostituta? Uma divindade feminina? Uma liderança da Igreja? Ou tudo isso? Embora as referências bíblicas a Maria Madalena sejam surpreendentemente poucas, ela continua provocando controvérsia, curiosidade e veneração. Conhece-se mais sobre ela do que sobre a maioria dos discípulos de Cristo e até hoje ela é reverenciada como a “Apóstola dos Apóstolos”. Margaret George, notável por suas brilhantes pesquisas históricas e sua criatividade, recria com vigor a história de Madalena e sua época, nos primeiros anos do primeiro milênio cristão. Ela começa com a infância e adolescência de uma menina comum, seus sonhos, suas visões, seu erotismo, seu encontro com Jesus — um dos maiores personagens do livro, também recriado magistralmente — e termina, de forma dramática, com a descrição de uma impressionante transformação espiritual.

A Marquesa de Santos
Autor: Paulo Setúbal
Sinopse:  Romance histórico conta em detalhes a trajetória de uma das mulheres mais intrigantes e célebres da História do Brasil. A aristocrata paulista Domitila de Castro Canto e Melo, a Marquesa de Santos, foi a amante e grande paixão de D.Pedro I, o primeiro Imperador do País. E mais: como escreve o autor do livro, “a única mulher, na História das Américas, que encheu um Império com o ruído do seu nome e o escândalo do seu amor”.  O papel de coadjuvante, geralmente destinado às mulheres dos estadistas, Domitila de Castro deixou para a Imperatriz Leopoldina, única pessoa de toda a Corte a não saber do relacionamento entre o Imperador e a bela paulista. Com incrível capacidade de fazer o Monarca ceder a todos os seus caprichos, a Marquesa tomou para si a condição de protagonista, exercendo forte influência na política do Primeiro Reinado.

CADASTRE-SE EM NOSSA NEWSLETTER


NOSSOS CONTATOS

Geração Editorial
Rua João Pereira, 81
Lapa - São Paulo – SP
05074-070
Telefone: +55 (11) 3256-4444
geracaoeditorial@geracaoeditorial.com.br