ADHEMAR
A fantástica história de um político populista desbocado, amado e odiado, inspirador do infame lema “rouba, mas faz”, que participou do golpe militar de 1964, foi posto de lado pelos generais e morreu exilado em Paris, depois de marcar sua época e história do Brasil.

DEUSES DO OLIMPO
Explore o universo mágico da Grécia Antiga e conheça as histórias dos personagens mais famosos da mitologia. Um livro para gente pequena e gente grande tambécm! ( + )

OS VENCEDORES
Quem ganhou, perdeu. Quem perdeu, ganhou. Cinquenta anos após o advento da ditadura de 1964, é assim que se resume a ópera daqueles anos de chumbo, sangue e lágrimas. Por ironia, os vitoriosos de ontem habitam os subúrbios da História, enquanto os derrotados de então são os vencedores de agora. ( + )

A VILA QUE DESCOBRIU O BRASIL
Um convite a conhecer mais de quatro séculos de história de Santana de Parnaíba, um município que tem muito mais a mostrar ao país. Dos personagens folclóricos, tapetes de Corpus Christi, das igrejas e mosteiros, da encenação ao ar livre da “Paixão de Cristo”. Permita que Ricardo Viveiros te conduza ao berço da nossa brasilidade. ( + )

O BRASIL PRIVATIZADO
Aloysio Biondi, um dos mais importantes jornalistas de economia que o país já teve, procurou e descobriu as muitas caixas-pretas das privatizações. E, para nosso espanto e horror, abriu uma a uma, escancarando o tamanho do esbulho que a nação sofreu. ( + )

CENTELHA
Em “Centelha”, continuação da série “Em busca de um novo mundo”, Seth vai precisar ter muita coragem não só para escapar da prisão, mas para investigar e descobrir quem é esse novo inimigo que deixa um rastro de sangue por onde passa. A saga nas estrelas continua, com muita ação de tirar o folego! ( + )

MALUCA POR VOCÊ
Famosa na cidade pelos excessos do passado, Lily terá de resistir ao charme de um policial saradão oito anos mais jovem que acaba de chegar na cidade. Prepare-se para mais um romance apimentado e divertidíssimo escrito por Rachel Gibson.. ( + )

NOS IDOS DE MARÇO
A ditadura militar na voz de 18 autores brasileiros em antologia organizada por Luiz Ruffato. Um retrato precioso daqueles dias, que ainda lançam seus raios sombrios sobre os dias atuais. ( + )





Browsing articles tagged with "Arquivos Abrace-me apertado - Geração Editorial"
ago 13, 2012
Editora Leitura

Geração Editorial distribui abraços durante a Bienal do Livro


 
Milhares de abraços foram distribuídos nos últimos dias 11 e 12 durante a 22ª Bienal Internacional do Livro de São Paulo, maior evento do mercado editorial de livros do país. Os abraços continuarão sendo distribuídos ao longo de toda essa semana no estande da Geração Editorial (na rua J48).

Bombeiros, crianças, oficiais da Polícia Militar, idosos e muitos outros visitantes da Bienal pararam no estante editora para ganhar muitos abraços. Foram contados mais de dois mil distribuídos só no último final de semana.

A ação carinhosa promove o livro Abrace-me Apertado, da Dra. Sue Johnson, um estudo de como tornar duradouros os relacionamentos amorosos, que acaba de ser lançado pela editora.

Para visualizar os vídeos desta ação, basta clicar nos links http://bit.ly/Nllap8 e http://bit.ly/NcINM2

ago 6, 2012
Editora Leitura

Lançamento: Abrace-me apertado, da Dra. Sue Johnson

Deixar-se conhecer e conhecer o outro é a chave para um relacionamento profundo

Este é o principal mote de Abrace-me apertado –  Sete conversas para um amor duradouro,
da psicoterapeuta Sue Johnson

Não, não se trata de uma nova teoria do abraço. É algo bem mais profundo. Mais que um livro de autoajuda, é um livro de “alta ajuda”.. Traz as lições que a psicoterapeuta inglesa Sue Johnson tirou das suas centenas de entrevistas com casais nos últimos 25 anos, o que lhe valeu diversos prêmios, entre os quais “Relevante Contribuição ao Campo da Terapia de Casais e Familiar”, da American Association for Marriage and Family Therapy, e “Pesquisa sobre a Família”, da American Family Therapy Academy.

A autora constatou que a maioria dos desentendimentos acontecem por não conseguirmos expressar o que realmente sentimos, com medo de abrir a guarda e admitir pontos fracos. Assim, ela desenvolveu uma nova terapia para casais – Terapia Focada nas Emoções (TFE) –, encontrando respostas para uma questão intrigante: por que as pessoas lutam tanto para conseguir com que justamente a pessoa amada corresponda às suas expectativas? Estudos feitos nos últimos 15 anos mostram que de 70% a 75% dos casais que se submetem à TFE se recuperam da angústia e estão felizes em seus relacionamentos, diz a autora.

“Este livro oferece aos que se amam um novo mundo, uma nova percepção sobre como amar, e como amar bem”, assegura Sue Johnson, que atualmente mora e trabalha no Canadá. Ela cita o sociólogo James House, da Universidade de Michigan, segundo o qual o isolamento emocional é um risco mais perigoso para a saúde do que o fumo ou a pressão alta, sobretudo nos dias atuais, em que o isolamento se aprofunda em todas as sociedades.

A teoria do apego (TFE) ensina que a pessoa amada é nosso abrigo na vida. Quando essa pessoa está emocionalmente indisponível ou impassível, nos sentimos desamparados, sozinhos e indefesos. Somos tomados por emoções — irritação, tristeza, dor, e acima de tudo, medo. Perder a conexão com a pessoa amada coloca em risco nosso sentido de segurança. A base desta obra compõe-se de sete conversas com o objetivo de encorajar um tipo especial de receptividade emocional, que é a chave para um amor duradouro entre casais.

A psicoterapeuta constata também que somos naturalmente relutantes em enfrentar nossas vulnerabilidades. “Vivemos numa sociedade que diz que devemos ser fortes, ser invulneráveis. Nossa tendência é ignorar ou negar nossa fragilidade. Talvez sejamos ainda mais relutantes a confessar uma fragilidade à pessoa amada. Vai nos tornar menos atraentes, pensamos”. A verdade, diz ela, é que nunca criaremos uma conexão realmente forte e segura se não permitimos à pessoa amada nos conhecer completamente e, assim, interromper um desentendimento antes que ele se transforme num abismo intransponível. Não há trauma maior do que ser magoado exatamente pelas pessoas com quem contamos para nos dar apoio e nos proteger. A escritora enfatiza que uma relação amorosa resistente, profunda e prazerosa não é um sonho, mas um objetivo alcançável para todos nós. E isso muda tudo. “Descobrimos que a TFE não apenas ajuda a curar os relacionamentos, mas cria relacionamentos que nos curam”, frisa Sue Johnson.

Sobre a autora:
Como uma das criadoras da Terapia Focada na Emoção (TFE), a dra. Sue Johnson dirige atualmente o Couple and Family Institute and International Center for Excellence in Emotionally Focused Therapy (EFT ou TFE em português), em Ottawa, no Canadá. É também docente da Clinical Psychology, na Universidade de Ottawa e na Universidade de San Diego, Califórnia, além de membro da American Psychological Association.

Autora de numerosos livros, em seus mais de 25 anos de atuação a psicoterapeuta já recebeu numerosas honrarias por seu trabalho, entre elas o Prêmio por Relevante Contribuição ao Campo da Terapia Familiar e de Casais, da American Association for Marriage and Family Therapy, e o Prêmio de Pesquisa sobre a Família, da American Family Therapy Academy.

___________

Abrace-me apertado: Sete conversas para um amor duradouro
Autora: Dra. Sue Johnson
Tradutor: Samuel Dirceu
Gênero:
Autoajuda
Formato: 15,6 x 23 cm
Págs: 336
Peso: 455g
ISBN: 9788563420244
R$ 29,90
Sinopse:
Sabe aquele filminho que dizem se passar nas nossas cabeças na hora da morte? Pois bem, este filme pode ter um final feliz. Porque somos os atores principais, e as pessoas com quem atuamos são tão importantes quanto nós, especialmente se forem nossos pares amorosos, pessoas próximas. Obcecada desde criança por salvar a relação entre casais, a psicoterapeuta inglesa Sue Johnson “entrou” na vida de centenas de seres atormentados pelo que ela chama de “Diálogo do demônio”, quando fazemos da nossa convivência um verdadeiro inferno, sem saber que o céu paira sobre nossas cabeças.
Esta obra nos auxilia a emparelhar com a pessoa amada, receber uma golfada fresca de ar no rosto, estampar um sorriso sincero, dar um abraço apertado nela e seguir juntos na mesma direção. É um convite convincente ao encontro de si mesmo e do outro.

CADASTRE-SE EM NOSSA NEWSLETTER


NOSSOS CONTATOS

Geração Editorial
Rua João Pereira, 81
Lapa - São Paulo – SP
05074-070
Telefone: +55 (11) 3256-4444
geracaoeditorial@geracaoeditorial.com.br