Stephenie Meyer

stephenie_meyer

Autor: Marc Shapiro
Gênero: Biografia
Formato: 15,5X22,5 cm
Páginas: 208
ISBN: 978-85-63420-00-8
Peso: 0.45 kg
Preço: R$ 32,00

Sinopse:
Escritos por Stephenie Meyer, os quatro romances da saga Crepúsculo, sobre a história do amor proibido entre a mortal Bella e o vampiro Edward, já venderam mais de 90 milhões de exemplares em 50 países, foram traduzidos para 37 idiomas, conquistaram legiões de fãs ardorosos em cinco continentes e têm gerado versões cinematográficas igualmente bem-sucedidas. O que há por trás desse sucesso tão retumbante quanto inesperado? Como uma simples e obscura dona de casa norte-americana se tornou a autora mais popular e mais lida do planeta? Nesta biografia imperdível para todos os fãs de Crepúsculo, acompanhamos a trajetória de Stephenie Meyer, desde seu nascimento no Arizona, sua sólida formação literária e religiosa, passando pelo casamento, pela vidinha tediosa de esposa e mãe, até o sonho Inspirador que a visitou e o qual, aliado a muita perseverança e, sobretudo, muita fé, deu origem aos livros Crepúsculo, Lua Nova, Eclipse e Amanhecer, que em pouco tempo a lançaram ao estrelato e à fortuna com que ela nunca havia sonhado em sua pacata existência.

——————————————————

A fantástica história de Stephenie Meyer, a criadora da saga Crepúsculo
Marc Shapiro, o polêmico biógrafo americano, lança pela Jardim dos Livros, selo da Geração Editorial, biografia não autorizada da maior vendedora de livros dos últimos tempos.

Ela é um dos maiores sucessos editoriais dos últimos tempos. Em apenas cinco anos, os seus livros venderam cerca de 90 milhões de exemplares em 50 países e foi traduzido para 37 idiomas diferentes. Duas das suas cinco obras já viraram megaproduções dos estúdios de Hollywood e estão em fase de produção mais dois filmes, baseados nos seus romances, com lançamentos para previstos para meados de 2010 e 2011. Ela fascina adolescentes e provoca tumultos por onde passa, seguida dos atores e atrizes de seus vampirescos personagens.

Essa é a americana Stephenie Meyer, 36 anos, ex-dona de casa mórmon, que casou virgem com um auditor, com quem teve três filhos. Até que teve um sonho, nada menos que um sonho, do qual despertou para começar a escrever seus romances. E não parou mais. É essa autora absolutamente improvável, que tem sua vida desvendada pela primeira vez, com o lançamento de “Stephenie Meyer, a biografia não-autorizada da criadora da saga Crepúsculo”, (Jardim dos Livros, 216 páginas, R$ 29,90), do americano Marc Shapiro.

O biógrafo traçou o perfil da mentora de Edward e Bella – protagonistas da série. Com detalhes curiosos da sua vida, como a obrigação de casar virgem, pelo forte conservadorismo da religião, a vida de dona de casa, mãe de família, sonhadora e contadora de histórias mirabolantes desde a infância – mas que, apesar disso, jamais sonhara em escrever livros, muito menos sobre vampiros, mutantes e alienígenas apaixonados.

No livro há informações sobre os seus métodos de criação. Apaixonada por música, ela se inspira canções modernas para começar a construir seus personagens, enquanto concilia com o sucesso sua vida comum de mãe de família. Sucesso que começou na madrugada de 3 de junho de 2003, quando sonhou – nada menos que isso – com os dois jovens apaixonados que seriam futuramente Edward e Bella.

Na mesma manhã, a escritora começou a rascunhar a história que viria a ser Crepúsculo. Nos três meses seguintes a autora mergulhou de cabeça na concepção da obra, parando apenas para preparar as refeições para o marido e filhos e levá-los na escola, além do tempo para trocar o CD do seu aparelho portátil. Entre as bandas mais ouvidas, U2, Muse, Linkin Park e Blue October. Criação regada a música pop.

No final de 2003, a escritora terminou o primeiro livro e conseguiu um contrato fantástico com a editora Little, Brown and Company – US$ 750 mil pelo lançamento de três títulos. Sua agente tinha enviado o original de “Crepúsculo” para nove editoras, mas enquanto oito delas refletiam sobre o que valia aquela autora iniciante com personagens estranhos, a Little logo percebeu que ali havia ouro e correu para fechar negócio.

Na biografia-não autorizada, Shapiro reuniu um vasto acervo de dados, extraídos de grandes pesquisas em veículos de entretenimento, mostrando a importância não só dos personagens que ultimamente têm influenciado jovens e adultos, mas também a grandiosidade do ser que é a escritora dessas fantásticas figuras com poderes excepcionais e a imagem construída junto aos seus fiéis fãs e leitores.

O autor apresenta a vida da mulher religiosa que, mesmo com a ascensão como autora de best-sellers, continua sendo uma mulher mórmon sonhadora, que leva uma vida em família com os mesmos costumes e desejos.

“Stephenie Meyer, a biografia não-autorizada da criadora da saga Crepúsculo” é um livro que decifra a mente e mostra todos os passos necessários para escrever uma série de megasucesso. Até quem não leu vai entender porque milhões de adolescentes e jovens se apaixonaram pelos vampiros e outros monstros da saga literária.

Curiosidades sobre Stephenie Meyer

  • Em cinco anos, os seus livros venderam cerca de 90 milhões de exemplares no mundo
  • “Amanhecer” bateu um recorde de livros vendidos na estreia, com 1,3 milhão de exemplares
  • Foram publicados em 50 países
  • Traduzidos para 37 idiomas
  • Na segunda semana, após o lançamento, “Crepúsculo” já estava na lista dos mais vendidos
  • Lançou o conto “O Baile de formatura do inferno”, em abril de 2007, reunido em uma antologia de contistas
  • Casou virgem aos 21 anos em 1994
  • Os filhos se chamam Gabe, Seth, Eli, todos homens; se tivesse uma filha ela lhe daria o nome de Isabella, o mesmo que originou o nome da personagem Bella.
  • O marido pediu sua mão em casamento por mais de 40 vezes
  • Usou o Google para encontrar a cidade de Forks, no estado de Washington
  • Apaixonou-se pelo marido quando foi visitar os pais em Cave Creek, no estado do Arizona, em 1994 nas férias da universidade
  • Conhece o marido desde criança, eram vizinhos e ele também frequentava a mesma igreja
  • É formada em Literatura Inglesa
  • Mantém um blog super visitado
  • Ficou deprimida quando os originais dos livros vazaram
  • Recusou a primeira versão do roteiro do filme “Crepúsculo”
  • Escreve em um notebook andando pelos cômodos da casa
  • Gosta de pegar seu carro, uma Van e sair sem rumo pelas ruas da cidade

CADASTRE-SE EM NOSSA NEWSLETTER


NOSSOS CONTATOS

Geração Editorial
Rua Gomes Freire, 225
Lapa - São Paulo – SP
05075-010
Telefone: (11) 3256-4444
geracaoeditorial@geracaoeditorial.com.br