Povo de Deus

Subtítulo: Quem são os evangélicos e por que eles importam

Autor: Juliano Spyer
Gênero: Ciência Política
ISBN: 978-85-8130-508-0
R$46,00
Ebook: :978-65-5647-011-5
E-book: R$ 29,90

Por que 2020 é a década dos evangélicos?

Nos anos 1970, os evangélicos representavam apenas 5% dos brasileiros; hoje, são um terço da população adulta do país e, segundo estatísticos, superarão os católicos na próxima década.

Mais importante do que a magnitude dos números é o que isto representa: pretos e pardos pobres convertidos ao protestantismo ascendem socialmente, e hoje estão presentes no próprio Estado.

 Povo de Deus pretende partilhar com os leitores este fato que já é conhecido por sociólogos e antropólogos que estudam religião: entrar para a igreja evangélica melhora as condições de vida dos brasileiros mais pobres.

Escrito em linguagem direta e clara, o livro dá ao leitor acesso aos principais estudos sobre o cristianismo evangélico no Brasil.

Sem jargões e a linguagem nebulosa de muitos livros acadêmicos, Povo de Deus apresenta temas básicos que vão desde o que é o protestantismo pentecostal e de como ele se diferencia do protestantismo histórico até o exame das consequências do crescimento da presença evangélica no Estado, tema crucial considerando que o voto evangélico consolidou a vitória de Jair Bolsonaro na eleição presidencial de 2018.

Juliano Spyer argumenta que o preconceito que muitos brasileiros escolarizados expressam contra o cristianismo evangélico reflete o preconceito contra pobres que não se vitimam e buscam sua inclusão social via educação e consumo.

Este é um dos fenômenos de massa mais importantes do século, muito pouco conhecido pelas elites pensantes do Brasil, que ignoram a rica e extensa literatura acadêmica produzida nas últimas décadas sobre o assunto.

“Fundamental, riquíssimo.”  | Esther Solano Gallego, socióloga, professora da Unifesp, pesquisa o novo conservadorismo no Brasil

“Indispensável para entender a sociedade brasileira contemporânea.” | Davi Lago, pesquisador da Fundação São Paulo e capelão da Primeira Igreja Batista de São Paulo

“Ao construir essa ponte, que supera as generalizações, Juliano Spyer faz uma importante contribuição, especialmente nesse momento de tanta fragmentação e preconceitos.” |Tábata Amaral, Ativista pela educação, Deputada Federal, cofundadora @mapaeducacao e @acreditobr

“Este livro nos mostra a pluralidade de pensamentos, costumes e motivações dos evangélicos, por isso é necessário para entender o Brasil atual.”| David Nemer, professor de Estudos de Mídias na Universidade de Virgínia

“O cristianismo evangélico é uma forte e crescente realidade entre nós. E este livro muito nos ajuda a percorrer os caminhos desse desafio instigante.” |Patrus Ananias, ex-ministro do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, atualmente Deputado Federal (PT-MG)

“O autor apresenta as razões pelas quais esta religião tem sido capaz de fortalecer a coesão social de comunidades desamparadas pelo Poder Público, tornando-se assim, um movimento cultural decisivo.” | Ricardo Abramovay, professor titular da FEA/USP e do IEE/USP

“Este livro já se tornou uma fonte de consultas para mim.” |Marina Silva, ex-ministra do Meio Ambiente, ambientalista e política brasileira filiada à Rede Sustentabilidade

Sobre o autor:

Juliano Spyer é mestre e doutor em antropologia pela University College London (UCL). Publicou, entre outros, Mídias Sociais no Brasil Emergente (Educ / UCL Press 2018) e Conectado (Zahar 2007). Entre abril de 2013 e agosto de 2014 Spyer morou, como pesquisador, em um bairro na periferia de Salvador, onde fez amizade e conviveu diariamente com famílias evangélicas. Este livro é um desdobramento dessa experiência. Para conhecer mais sobre seu trabalho, acesse o site: www.julianospyer.com.br

CADASTRE-SE EM NOSSA NEWSLETTER


NOSSOS CONTATOS

Geração Editorial
Rua João Pereira, 81
Lapa - São Paulo – SP
05074-070
Telefone: +55 (11) 3256-4444
geracaoeditorial@geracaoeditorial.com.br