Política

capa 15.6x23 aberta.indd

COMPRAR
Autor: Míriam Moraes
Gênero: Ciência Política
Acabamento: Brochura
Formato:  15,6x23cm
Págs: 172
Peso: 215g
ISBN: 978-85-8130-260-7
Preço: 36,00

E-book
ISBN: 9788581302614
Preço: R$ 26,50

Sinopse:
Não fique por fora dos temas que agitam o país. Veja aqui o que você precisa saber para entender,opinar e debater política e atualidades. O pior analfabeto é o analfabeto político. Ele não ouve, não fala, nem participa dos acontecimentos políticos. Ele não sabe que o custo de vida, o preço do feijão, do peixe, da farinha, do aluguel, do sapato e do remédio dependem das decisões políticas. O analfabeto político é tão burro que se orgulha e estufa o peito dizendo que odeia a política. Não sabe o imbecil que, da sua ignorância política, nasce a prostituta, o menor abandonado, e o pior de todos os bandidos, que é o político vigarista, pilantra, corrupto e lacaio dos exploradores do povo. Bertolt Brecht

Leia o primeiro capítulo

—————————————————————————————————

Decifra-me ou te devoro

Política, da jornalista Míriam Moraes, é um guia politicamente correto para entender o sistema de poder no Brasil

Muita gente detesta política – e enche a boca, até com orgulho, para dizer isto. Trata-se de um erro. Querendo ou não, todos nós praticamos política o tempo todo. É impossível viver em sociedade sem exercê-la por ação ou omissão. Ou seja, mesmo quem diz que detesta política está fazendo política. No caso, a opção é pelo descaso pelo próprio destino ou pelo destino da cidade, estado ou país. Esse descaso traz um grande prejuízo. Como escreveu Platão há 2.500 anos, o castigo dos homens capazes que se recusam a tomar parte nas questões governamentais é viver sob o domínio dos homens incapazes. Outros – incompetentes ou corruptos – vão fazer, sem resultados ou por eles mesmos, o que poderiam fazer, republicana e honestamente, por você e todos os demais.

Admita-se, por hipótese, que você, que está lendo estas palavras, esteja totalmente alheio à questão. Se ler este livro terá tomado uma decisão. Que será, por certo, política – a de procurar se situar numa disputa que afeta a sua vida de mil maneiras. Como? Você terá que lê-lo. Se optar pelo inverso, também será uma decisão política. A de se omitir, atribuindo a outrem as decisões que poderia tomar. Ou seja, abrirá mão de participar da decisão que  definirá o rumo da sua vida, ou da sua rua, bairro, cidade, região, estado ou país. Tanto na primeira quanto na segunda decisão, as consequências recairão sobre aquele que assim decidiu.  E não só sobre ele. Com muito mais pessoas agindo da mesma maneira, haverá consequências profundas para todos.

A política de que aqui se fala não é só a partidária – porque esta é uma espécie dentro de um gênero. É a Política com P maiúsculo, tão essencial quanto o ar que respiramos para oxigenar a vida social. Este livro enfrenta este assunto de forma clara, objetiva e – porque não dizer? – pedagógica. Míriam Moraes destrincha um leque de subtemas: os erros mais nefastos e evitáveis do debate político; os modos de avaliar a competência dos gestores públicos; as  responsabilidades das três esferas de governo; a mídia, sua falsa isenção e seus interesses no jogo político; como o contribuinte acaba pagando o custo do financiamento privado das campanhas; a corrupção e o atual sistema eleitoral; como separar o joio do trigo no meio da boataria das redes sociais. E, por último, mas não menos importante: porque as mobilizações de 2013 não tiveram resultados práticos.

O livro esclarece questões que intrigam muita gente. Por exemplo: quantas vezes você ouviu falar de esquerda ou direita e ficou sem saber o que estas duas palavras significam exatamente? E centro, centro-direita, centro-esquerda, extrema-direita, extrema-esquerda? Mais importante: de que maneira as escolhas realizadas levando em consideração tais termos influenciam diretamente o seu cotidiano? Dependendo de qual das correntes ideológicas estiver no poder, seu bolso sentirá o efeito. Poderá definir qual será o seu salário, por exemplo. Se você terá ou não reajuste, se  terá crédito para adquirir um determinado bem, se poderá entrar ou não na universidade, se manterá ou não seu emprego. Não são razões suficientemente importantes para que se busque saber o que está atrás de uma e de outra? Encare este livro, portanto, como um guia de autodefesa. E não se esqueça do aviso do velho e bom Platão: deixe tudo como está para ver como é que fica, e no final você verá que ficou bem pior para você e para todos os cidadãos que, como você, se recusaram a “sujar as mãos” na política. Sua omissão resulta que serão aqueles de mãos realmente sujas os que decidirão o destino de sua cidade, seu estado e seu país. O SEU destino.

Sobre o autor:
Míriam Moraes é especialista em jornalismo político, membro da Abraji (Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo) e pedagoga.

CADASTRE-SE EM NOSSA NEWSLETTER


NOSSOS CONTATOS

Geração Editorial
Rua João Pereira, 81
Lapa - São Paulo – SP
05074-070
Telefone: +55 (11) 3256-4444
geracaoeditorial@geracaoeditorial.com.br