PNLD2020/euvimamaenascer

Autor: Luiz Fernando Emediato
Ilustradora: Thais Linhares
Formato 21 x 28 cm| Páginas: 32 págs.

Gênero: Memória, relatos de experiências
Tema: Autoconhecimento, sentimentos e emoções, Família, perda, amigos e escola
Categoria 1: (6. e 7. anos)

Sinopse: Este livro infantil, publicado em repetidas edições desde 1977, já encantou duas gerações que nele buscaram conforto quando se trata não só de enfrentar o tema da morte, mas também o de responder à eterna pergunta: para que serve a vida? Uma criança de oito anos narra suas reações diante da morte da mãe. O livro foi recomendado pelo MEC e como tal tem sido adotado em numerosas escolas de primeiro grau, como leitura suplementar, em todo país.

Leia aqui o livro completo.
Leia aqui manual do professor.
Audiolivro pela UBOOK: Ouça aqui o trecho.

SOBRE O AUTOR

Luiz Fernando Emediato nasceu em 1951 em Belo Vale, cidadezinha mineira próxima de Congonhas do Campo, MG. Em 1978 mudou-se para São Paulo, onde vive desde então.
Aos 19 anos, em maio de 1971, ganhou o prêmio “Revelação de Autor” no então famoso Concurso Nacional de Contos do Paraná. Sua carreira de escritor começou aí.
Em 1977, juntamente com Jéferson Ribeiro de Andrade (1947), Antônio Barreto (1954), Júlio César Monteiro Martins (1955), Domingos Pellegrini (1949), Caio Fernando Abreu (1948-1996), participou da antologia de contos “Histórias de um novo tempo”, publicada pela editora Codecri, do jornal “Pasquim”. Foi um enorme sucesso para a época, 35 mil exemplares vendidos em seis meses.
Emediato foi jornalista (repórter especial e editor de “O Estado de S. Paulo” e diretor-executivo de jornalismo do SBT), profissão em que ganhou os principais prêmios da categoria: o Prêmio Esso de Jornalismo, por uma série de reportagens sobre jovens, o Prêmio da Sociedade Interamericana de Imprensa – SIP e o Rei de Espanha, por reportagem de cobertura das guerrilhas na América Central.
Publicou os seguintes livros: “Não Passarás o Jordão” (1977, ed. Alfa Ômega, SP), “Os Lábios Úmidos de Marilyn Monroe” (1978, ed. Ática, SP), “A Rebelião dos Mortos” (1979, ed. Codecri, RJ), “Eu Vi Mamãe Nascer” (1977, ed. Comunicação, Belo Horizonte), “O Outro Lado do Paraíso” (1981, ed. Comunicação, Belo Horizonte), “Geração Abandonada” (1982, ed. Global, SP), “Ekhart, o Cruel” (1983, ed. EMW, SP), “A Grande Ilusão” (1992, Geração Editorial, SP), “Verdes Anos” (1994, Geração Editorial, SP).
Todos os seus contos foram reunidos, sob coordenação do escritor Luiz Ruffato, na coletânea “Trevas no Paraíso” (2005, Geração Editorial, SP). Em 2013 foi publicada uma nova edição, revista e ampliada, de seu livro de estreia, “Não Passarás o Jordão” (Geração Editorial).
Duas histórias de Emediato foram adaptadas para o cinema: “Verdes Anos”, por Carlos Gerbase e Giba Assis Brasil, em 1983, e “O outro lado do paraíso”, por André Ristum, em 2013. Verdes Anos também foi adaptado para o teatro, por Roberto Bontempo. A peça “Ekhart, o Cruel” foi encenada cinco vezes, nos anos 80, por 5 diretores diferentes, em cinco estados.

Thais Linhares é ilustradora e escritora. Estudou no Senai e na UFRJ. É apaixonada por música e participou do coral da Escola Nacional de Música. Tentou aprender a tocar violão com o seu primo José e a tocar piano com uma professora francesa. Mas, como não tem o talento do Chiquinho e só sabe tocar teclado de computador, optou por colocar a música no papel com cores e traços. Já morou com uma ratinha chamada Nezumi, que gostava de ler os jornais antes de dormir.

CONHEÇA OUTRO LIVRO SELECIONADO DO MESMO AUTOR

Autor: Luiz Fernando Emediato
Ilustradora: Thais Linhares
Formato:  20,5 x 27,5 cm| Págs: 48

Gênero: Memória, diário, biografia, relatos de experiências
Tema: Conflitos da adolescência, Encontros com a diferença, Sociedade, política e cidadania
Categoria 2: (8. e 9. anos)

Sinopse: Publicado consecutivamente desde 1981, este livro já se tornou um clássico da moderna literatura infantojuvenil. O livro é recomendado pelo MEC, como leitura suplementar, e como tal adotado em numerosas escolas do segundo grau em todo país. Um menino de 12 anos narra as aventuras do pai, um idealista sonhador, no Brasil dos anos 60, e as consequências, para sua família, do golpe militar de 1964. Numa linguagem poética, que evoca a Bíblia, Emediato traça, em poucas páginas, um sensível painel da busca humana da felicidade e da justiça na terra.

Leia aqui o livro completo.
Leia aqui manual do professor.
Audiolivro pela UBOOK: Ouça aqui o trecho.

CADASTRE-SE EM NOSSA NEWSLETTER


NOSSOS CONTATOS

Geração Editorial
Rua João Pereira, 81
Lapa - São Paulo – SP
05074-070
Telefone: +55 (11) 3256-4444
geracaoeditorial@geracaoeditorial.com.br