O pulo do gato 3

Capa_OPulodoGato_3.indd
Autor: Márcio Cotrim
Gênero: Português
Formato 15,5×22,5 cm
Páginas: 128
ISBN: 978-85-7509-115-8
Peso: 0.28 kg.
Preço: R$ 34,90

Sinopse:
O Pulo do Gato é um delicioso presente de leitura e de revelação da imaginação criadora de uma língua e de seus falantes. Muitas expressões que usamos diariamente têm origem pitoresca, exótica, casual. É muito interessante descobrir como surgiram expressões do tipo banho Maria, larápio, sanduíche, fazer nas coxas….Por essas e muitas outras, está aí o livro de Márcio Cotrim para você lavar a égua. E podem tirar o cavalinho da chuva, pois se quiserem saber mais, esses são outros quinhentos…Certeza: quem ler este livro vai se divertir à beça.

 

———————————————————————————-
Viaje pelos significados das palavras com o novo livro do jornalista Márcio Cotrim
O Pulo do Gato 3, lançado pela Geração Editorial, traz o berço de 270 expressões populares

“A cavalo dado não se olham os dentes”. O que quer dizer este ditado antigo? De onde veio esta frase? Em outros tempos, quando o cavalo era um dos principais meios de transporte, o bicho era objeto de constantes transações comerciais, e uma das formas de calcular a idade do animal era examinar-lhe os dentes. Seus primeiros dentes permanentes nãoapareciam até ele completar os três anos de vida, boa dica para saber a idade do equino.

Utilizamos expressões populares como esta que nem sabemos ao certo o sentido, mas estão na ponta da língua porque já ouvimos avós, tios, amigos falarem tantas vezes. Para suprir todas as curiosidades, o jornalista Márcio Cotrim realizou um estudo com bom texto, pitadas de humor, revelações que também vem do grego, latim, tupi, árabe, em caráter didático.

O primeiro volume da coleção, que reúne o berço das palavras e expressões populares, foi lançado em 2005 e teve excelente aceitação do público. Os números não são diferentes para o segundo volume do Pulo do Gato.  Pelo sucesso registrado e bom acervo de vocabulário ainda não explorado, Cotrim preparou com mais entusiasmo ainda este terceiro livro.

Ler o Pulo do Gato 3 é uma aula de história e garantia certa de divertimento. Sabe de onde surgiu, por exemplo, o dizer “cobras e lagartos”? Para certos estudiosos, a palavra cobra faria menção a coplas, antiga poesia espanhola cantada. Na verdade, o berço da expressão está na imaginação popular, acostumada à feroz animosidade entre os dois animais. Cobras e lagartos são, universalmente, inimigos irreconciliáveis, antagônicos, que se combatem sem tréguas como cão e gato, paus e pedras.

Quer apaziguar, que tal colocar “panos quentes”? Em casos de brigas pessoais, quando a pendenga está pegando fogo, o melhor, simbolicamente, seria esfriar os ânimos, e não esquentá-los, você não acha? Entretanto, em termos terapêuticos, colocar panos quentes é uma receita, embora paliativa, prescrita pela medicina popular desde tempos remotos. Ela se recomenda, sobretudo, a estados febris, pois a temperatura muito elevada pode levar a convulsões e a problemas daí decorrentes.

Mas se não quer discutir, o melhor é  “fazer boca-de-siri”. Mas por que se diz que pessoas prudentes ficam quietas como este crustáceo? É porque a boca do bicho dificilmente se abre, ele fica no mocó. Só não resiste ao puçá, a rede em formato cônico que o captura. Depois, vira saborosa iguaria e ninguém mais percebe, no prato, onde foi parar sua boca fechada.

Desta forma leve, descontraída, fica fácil e gostoso aprender de onde vieram estas expressões que têm influência do campo religioso, filosófico, sociológico e literário. No livro o leitor também irá saber o significado de dezenas de palavras avulsas como “pandemônio”, “guerra”, “bistrô”, “pregão”, “pirangueiro”, “parasita”, “chope”, “ônibus”, “lobby”.

Para não “cair no ostracismo” e nem ficar com o “riso amarelo”, o melhor é se deliciar com estas expressões para ter mais conhecimento e falar à vontade sem perder, é claro, a “presença de espírito”. Porque nem tudo nesta vida é “sangria desatada” e ler O Pulo do Gato  é como fazer “um gol de placa”.

CADASTRE-SE EM NOSSA NEWSLETTER


NOSSOS CONTATOS

Geração Editorial
Rua João Pereira, 81
Lapa - São Paulo – SP
05074-070
Telefone: +55 (11) 3256-4444
geracaoeditorial@geracaoeditorial.com.br