O primo de Deus

capa.indd

COMPRAR
Autor: Ricardo Tiezzi
Gênero: Crônicas
Formato 14 x 21 cm
Páginas: 144
ISBN: 978-85-61501-20-4
Peso: 0.25 kg.
Preço: R$ 19,90

Sinopse:
O primo de Deus só quer saber de boa vida e levar a vida na harpa. Que família não tem um parente cuca-fresca? O problema é que a irresponsabilidade desse primo perturba a humanidade inteira. Se Deus continua sendo o enigma da existência, o primo pode ser a explicação para os problemas do mundo. É raro um autor estrear com tanta maturidade e domínio para executar o que deve ser a missão de todo escritor: fisgar o leitor com boas histórias. O Primo de Deus, de Ricardo Tiezzi, reúne crônicas divertidas e inteligentes que foram escritas com muito bom humor e arte.

 

——————————————————————————————–
Crônicas inusitadas em“O Primo de Deus”
Ricardo Tiezzi reúne arte e humor em obra lançada pela Geração Editorial com textos objetivos, engraçados e críticos

O livro “O Primo de Deus”, é uma reunião de crônicas divertidas que são apimentadas pelo sarcástico gênio do autor. O elenco de personagens e situações de “O Primo de Deus” garante cócegas caprichadas. Você vai conhecer o malandro reprimido, o marido que perde a mulher para a globalização, o homem perseguido pela própria sombra, o adolescente que sonha ser cantor de bolero. Para fechar a conta, o personagem que ilustra a capa deste livro.

O primo de Deus só quer saber de boa vida e levar a vida na harpa. Que família não tem um parente cuca-fresca? O problema é que a irresponsabilidade desse primo perturba a humanidade inteira. Se Deus continua sendo o enigma da existência, o primo pode ser a explicação para os problemas do mundo. É raro um autor estrear com tanta maturidade e domínio para executar o que deve ser a missão de todo escritor: fisgar o leitor com boas histórias. O Primo de Deus é um daqueles livros em que se vira a última página com um lamento por ter chegado ao fim.

Desta forma empolgante você irá de encontro ao prazer da leitura e passear sobre um gênero que já teve dias de glórias e esquecimentos. A crônica é um gênero bem brasileiro e coleciona nomes como o do saudoso carioca, nascido no Cairo, vivido no Rio de Janeiro, Leon Eliachar, que dizia: “humorismo é a arte de fazer cócegas no raciocínio dos outros”.

Nos anos 1930, Humberto de Campos encantava mais leitores, proporcionalmente, dos que o Brasil tem hoje. Dos anos 60 aos 70, Rubem Braga, Paulo Mendes Campos, Fernando Sabino e Carlos Drummond de Andrade, entre poucos, adoçavam com seu lirismo ou ironia as áridas páginas dos jornais censurados.

Até hoje os cronistas invadem – com sucesso – praticamente todos os jornais e revistas. Dos rascunhos para o blog, Ricardo Tiezzi, que maneja a linguagem com uma graça incomum, conseguiu com um punhado de linhas nos prender à leitura ao juntar todos os seus textos neste livro, com suas sutilezas entrando direto na veia.

CADASTRE-SE EM NOSSA NEWSLETTER


NOSSOS CONTATOS

Geração Editorial
Rua João Pereira, 81
Lapa - São Paulo – SP
05074-070
Telefone: +55 (11) 3256-4444
geracaoeditorial@geracaoeditorial.com.br