nov 5, 2009
Editora Leitura

Estudantes jogam ovos e até uma torta para atingir os autores do livro Honoráveis Bandidos em lançamento em São Luís

Comandados pela presidente da Federação dos Estudantes do Maranhão, Ana Paula Ferreira Ribeira, mais de 15 estudantes foram para o evento do lançamento do livro “Honoráveis Bandidos – Um retrato do Brasil na era Sarney”, que aconteceu no Sindicato dos Bancários em São Luís, para causar tumulto e agredir os autores e jornalistas Palmério Doria e Mylton Severiano. Hoje vários jornais da capital maranhaense divulgaram as cenas desta confusão.

O estardalhaço foi parar depois na delegacia. A representante do grupo, nomeada por Roberto Costa da Secretaria de Esportes e Juventude da governadora Roseana, foi quem liderou a quebradeira das cadeiras e uma porta de vidro. Os estudantes ainda foram numa viatura da Polícia Militar como supostos reféns para apresentarem suas queixas. O caso agora será investigado pela 1º DP, pois os organizadores do lançamento também foram registrar a outra versão.

O quebra-quebra que atingiu os jornalistas escritores, políticos, e o ex-governador Jackson Lago, provou que o manifesto dos estudantes só tinha um intuito: tumultuar o lançamento.

Com o boicote de algumas livrarias, propaganda em outdoors retirada, e agora esta manifestação sem sentido no lançamento, fica cada vez mais explícito que muitos não estão gostando da veracidade da obra. Mas os leitores, pelo jeito, estão adorando e recomendando muito bem o livro que revela toda a história secreta do surgimento, enriquecimento e tomada do poder regional e nacional da família Sarney.

“Honoráveis Bandidos – Um retrato do Brasil na era Sarney” está em 5º lugar na lista da Veja entre as obras mais vendidas de não-ficção do País.

O livro será lançado amanhã em Macapá. A Assembléia Legislativa do Amapá propõe “desomenagear” o autor.

2 Comments

  • Caro Sr,palmério Dória,

    Gostaria imensamente que continuasse a relatar aos brasileiros a folha corrida dos nossos valorosos politicos.Meu filho ao ler o livro setenciou:O maranhão é um estado de sorte,pelo Sarney ter só tres filhos.Ja pensou se a prole fosse maior?Quem sabe o proximo livro,não seria sobre a nobre familia dos Andradas de barbacena e suas Faculdades espalhadas pelo brasil.

  • Caro Sr, Palmério Dória,

    Meus parabéns pelo seu relato da verdade deste pária e criminoso político que se alojou no lindo estado do Maranhão e criou bandidos de toda sorte à explorar o povo do Maranhão.

    Caso o Sr. não saiba, uma venda de um hotel da rede Pestana (Portugal) só foi possivél ser realizada após o bandido fernando sarney receber uma comissão por isto. Além de interferir na Eletrobrás, também no Turismo o bandido dá as cartas.
    Caro Sr, gostaria de participar mais ativamente nos seus lançamentos e se possível colaborar com o Sr. nesta sua luta para extirpar estes bandidos do Brasil.

    nélson

Leave a comment

CADASTRE-SE EM NOSSA NEWSLETTER


NOSSOS CONTATOS

Geração Editorial
Rua João Pereira, 81
Lapa - São Paulo – SP
05074-070
Telefone: +55 (11) 3256-4444
geracaoeditorial@geracaoeditorial.com.br