ADHEMAR
A fantástica história de um político populista desbocado, amado e odiado, inspirador do infame lema “rouba, mas faz”, que participou do golpe militar de 1964, foi posto de lado pelos generais e morreu exilado em Paris, depois de marcar sua época e história do Brasil.

DEUSES DO OLIMPO
Explore o universo mágico da Grécia Antiga e conheça as histórias dos personagens mais famosos da mitologia. Um livro para gente pequena e gente grande tambécm! ( + )

OS VENCEDORES
Quem ganhou, perdeu. Quem perdeu, ganhou. Cinquenta anos após o advento da ditadura de 1964, é assim que se resume a ópera daqueles anos de chumbo, sangue e lágrimas. Por ironia, os vitoriosos de ontem habitam os subúrbios da História, enquanto os derrotados de então são os vencedores de agora. ( + )

A VILA QUE DESCOBRIU O BRASIL
Um convite a conhecer mais de quatro séculos de história de Santana de Parnaíba, um município que tem muito mais a mostrar ao país. Dos personagens folclóricos, tapetes de Corpus Christi, das igrejas e mosteiros, da encenação ao ar livre da “Paixão de Cristo”. Permita que Ricardo Viveiros te conduza ao berço da nossa brasilidade. ( + )

O BRASIL PRIVATIZADO
Aloysio Biondi, um dos mais importantes jornalistas de economia que o país já teve, procurou e descobriu as muitas caixas-pretas das privatizações. E, para nosso espanto e horror, abriu uma a uma, escancarando o tamanho do esbulho que a nação sofreu. ( + )

CENTELHA
Em “Centelha”, continuação da série “Em busca de um novo mundo”, Seth vai precisar ter muita coragem não só para escapar da prisão, mas para investigar e descobrir quem é esse novo inimigo que deixa um rastro de sangue por onde passa. A saga nas estrelas continua, com muita ação de tirar o folego! ( + )

MALUCA POR VOCÊ
Famosa na cidade pelos excessos do passado, Lily terá de resistir ao charme de um policial saradão oito anos mais jovem que acaba de chegar na cidade. Prepare-se para mais um romance apimentado e divertidíssimo escrito por Rachel Gibson.. ( + )

NOS IDOS DE MARÇO
A ditadura militar na voz de 18 autores brasileiros em antologia organizada por Luiz Ruffato. Um retrato precioso daqueles dias, que ainda lançam seus raios sombrios sobre os dias atuais. ( + )





Browsing articles in "Mídia"
out 1, 2009
Editora Leitura

Palmério Dória fala à Folha de S.Paulo sobre o livro Honoráveis Bandidos

Polêmico e contundente, livro mostra um retrato do Brasil na Era Sarney

Clicando no link acima, você pode ouvir e baixar a entrevista de Palmério Dória ao site da Livraria da Folha, pertencente ao jornal Folha de S.Paulo.

Na entrevista, Palmério fala sobre o processo de produção do livro, os desmandos da política na Era Sarney, nepotismo, controle dos meios de comunicação e ainda sobre o poder do velho coronel nos dias de hoje. Não perca!

set 28, 2009
Editora Leitura

Honoráveis Bandidos está na lista de mais vendidos da Veja

Há apenas uma semana nas livrarias, o livro “Honoráveis Bandidos – Um Retrato do Brasil na Era Sarney”, de Palmério Dória, já está na lista dos mais vendidos da Revista Veja.

Clique aqui e veja a lista estendida no site da revista. A obra lançada pela Geração Editorial está na 18ª colocação entre os gêneros de não-ficção.

Confira abaixo:

set 25, 2009
Editora Leitura

Fome e Kafka estão no Guia da Folha desta sexta

O Guia da Folha – Livros Discos Filmes deu destaque nesta sexta-feira a dois livros da Geração Editorial: Fome e Kafka e a Marca do Corvo.

Fome, de Knut Hamsun e com tradução de Carlos Drummond de Andrade, aparece na seção de clássicos do Guia e é avaliado como ótimo.

Esta edição do Guia é aberta com uma reportagem intitulada “Kafkianos”, de Carlos Eduardo Ortolan, que analisa duas obras que contam, de forma diferente, a trajetória e os pensamentos do autor de “A Metamorfose”.

Uma dessas obras é Kafka e a Marca do Corvo, de Jeanette Rozsas, lançado recentemente pela Geração Editorial.

Diz o texto: “Despido dos rigores da exatidão acadêmica, trata-se de uma biografia romanceada de Franz Kafka, no qual, como seria de esperar, o conturbado noivado com Felice Bauer, a amizade com o escritor Max Brod, que receberia o espólio literário do autor, e a figura opressiva do pai tirânico ocupam papel central”.

Em outro trecho: “A pesquisa merece destaque, e o dado curioso é a polissemia do nome próprio ‘Kafka’, que significaria, em tcheco, ‘corvo’, ou também ‘castigo’, ‘tuberculose’, ou, ainda, ‘denúncia’.”

Leia entrevista com a autora de Kafka e A Marca do Corvo

Baixe imagens da obra

Conheça Jeanette Rozsas

Páginas:«1...2223242526272829»

CADASTRE-SE EM NOSSA NEWSLETTER


NOSSOS CONTATOS

Geração Editorial
Rua João Pereira, 81
Lapa - São Paulo – SP
05074-070
Telefone: +55 (11) 3256-4444
geracaoeditorial@geracaoeditorial.com.br