Cultura « Geração Editorial



ADHEMAR
A fantástica história de um político populista desbocado, amado e odiado, inspirador do infame lema “rouba, mas faz”, que participou do golpe militar de 1964, foi posto de lado pelos generais e morreu exilado em Paris, depois de marcar sua época e história do Brasil.

DEUSES DO OLIMPO
Explore o universo mágico da Grécia Antiga e conheça as histórias dos personagens mais famosos da mitologia. Um livro para gente pequena e gente grande tambécm! ( + )

OS VENCEDORES
Quem ganhou, perdeu. Quem perdeu, ganhou. Cinquenta anos após o advento da ditadura de 1964, é assim que se resume a ópera daqueles anos de chumbo, sangue e lágrimas. Por ironia, os vitoriosos de ontem habitam os subúrbios da História, enquanto os derrotados de então são os vencedores de agora. ( + )

A VILA QUE DESCOBRIU O BRASIL
Um convite a conhecer mais de quatro séculos de história de Santana de Parnaíba, um município que tem muito mais a mostrar ao país. Dos personagens folclóricos, tapetes de Corpus Christi, das igrejas e mosteiros, da encenação ao ar livre da “Paixão de Cristo”. Permita que Ricardo Viveiros te conduza ao berço da nossa brasilidade. ( + )

O BRASIL PRIVATIZADO
Aloysio Biondi, um dos mais importantes jornalistas de economia que o país já teve, procurou e descobriu as muitas caixas-pretas das privatizações. E, para nosso espanto e horror, abriu uma a uma, escancarando o tamanho do esbulho que a nação sofreu. ( + )

CENTELHA
Em “Centelha”, continuação da série “Em busca de um novo mundo”, Seth vai precisar ter muita coragem não só para escapar da prisão, mas para investigar e descobrir quem é esse novo inimigo que deixa um rastro de sangue por onde passa. A saga nas estrelas continua, com muita ação de tirar o folego! ( + )

MALUCA POR VOCÊ
Famosa na cidade pelos excessos do passado, Lily terá de resistir ao charme de um policial saradão oito anos mais jovem que acaba de chegar na cidade. Prepare-se para mais um romance apimentado e divertidíssimo escrito por Rachel Gibson.. ( + )

NOS IDOS DE MARÇO
A ditadura militar na voz de 18 autores brasileiros em antologia organizada por Luiz Ruffato. Um retrato precioso daqueles dias, que ainda lançam seus raios sombrios sobre os dias atuais. ( + )





Browsing articles in "Cultura"
jul 5, 2013
admin

O retorno de Hilda Furacão

Roberto Drummond cria uma história cheia de mistério e sensualidade num dos momentos mais críticos da política brasileira. Numa cidade que cheirava a jasmim e a bombas de gás lacrimogêneo, personagens reais e imaginários, todos fascinantes, abrem suas vidas e seus corações enquanto as botas dos militares vão esmagando os sonhos e o Brasil se transforma.hilda_1

hilda_2

Fonte: Estado de Minas
______________________________________________

Sobre o livro:

C

Hilda Furacão

Autor: Roberto Drummond
Categoria: Romance
Formato: 14 x21 cm
Páginas: 296
Peso: 500g
ISBN: 9788561501044
R$ 34,00
Hilda Furacão passa-se em Belo Horizonte no início dos anos 60, Hilda, a Garota do Maiô Dourado, enfeitiçava os homens na beira da piscina em um dos mais tradicionais clubes, o Minas Tênis. Por algum motivo secreto muda-se para o quarto 304 do Maravilhoso Hotel, na zona boêmia da cidade. Transformada em Hilda Furacão, a musa erótica tira o sono da cidade. Sua vida de fada sexual cruza-se com os sonhos de três rapazes vindos do interior: um é inspirado no notório Frei Betto, que queria ser santo, mas se tornaria frade franciscano, líder político e escritor. Outro queria ser ator em Hollywood — torna-se dom juan de aluguel. O terceiro, aquele que queria ter sua Sierra Maestra, é o próprio Roberto, narrador da história. Hilda Furacão é o desafio que o santo tem que enfrentar. O romance foi transformado em minissérie de grande sucesso pela TV Globo, com Ana Paula Arósio no papel de Hilda.

 

jul 3, 2013
admin

A arte de transformar livros em escultura

A mostra “Rebound: Dissections and Excavations in Book Art” reúne obras de cinco artistas que utilizam livros como base de suas esculturas. Com curadoria de Karen Ann Myers, as obras refletem sobre uma questão principal: enquanto a tecnologia digital toma conta, o livro se torna cada vez mais obsoleto?

A exposição coletiva é realizada pelo Halsey Institute of Contemporary Art, nos Estados Unidos, e apresenta trabalhos de Doug Beube, Long-Bin Chen, Brian Dettmer, Guy Laramée e Francesca Pastine.

Myers comenta o por quê da exposição ressaltar a importância dos livro: “O livro é tratado como um objeto de grande valor. Livros representam o nosso desejo de gravar, organizar e preservar os detalhes da nossa existência. Através de cada intervenção dos artistas, o livro se torna cada vez mais sagrado. Para muitos dos artistas, o valor histórico e narrativo do material escolhido norteia as peças e, ao se familiarizarem intimamente com o livro que estão trabalhando, eles são capazes de devolvê-los à vida sem destrui-los.”

 

Confira:

Long-Bin Chen

LongBinChen1

LongBinChen2

Brian Dettmer

BrianDettmer1

BrianDettmer2

BrianDettmer3

BrianDettmer4

Guy Laramée

GuyLaramee4

GuyLaramee3

GuyLaramee2

GuyLaramee5

GuyLaramee1

Doug Beube

DougBeube1

DougBeube2

DougBeube3

DougBeube4

Francesca Pastine

FrancescaPastine4

FrancescaPastine2

FrancescaPastine1

Fonte: My Modern Met e Ideafixa

Páginas:«1...6465666768697071

CADASTRE-SE EM NOSSA NEWSLETTER


NOSSOS CONTATOS

Geração Editorial
Rua João Pereira, 81
Lapa - São Paulo – SP
05074-070
Telefone: +55 (11) 3256-4444
geracaoeditorial@geracaoeditorial.com.br