Castelo dos Alquimistas, O

castelo_alquimistas

COMPRAR

Castelo dos Alquimistas, O
Autor: Peter Gustav Bartschat
Categoria: Romance
Formato 16×23 cm
Páginas: 368
Peso: 510gr
ISBN: 857509065-8
Cód. barra: 9788575090657
R$ 39,90
Editora: Geração

Sinopse:

Alemanha, 1523: você vai encontrar aqui uma descrição da Idade Média que está mais para uma trama alucinante de Hollywood do que para a mesmice dos livros de História. Edgar Frischlin, um sujeito de hábitos simples, acaba envolvido numa trama surpreendente e, como espião do arcebispado, infiltra-se na fortaleza de Schönburg para investigar as práticas alquimistas do conde Frowin. As suspeitas conduzem a uma torre inexpugnável, onde corpos humanos são usados como ingredientes de uma fórmula secreta para transformar chumbo em ouro. As investigações se complicam quando o conde aparece assassinado dentro de um quarto trancado por dentro. Perseguições, intrigas, lutas de espada e ataques ousados de cavalaria aumentam o suspense, até que Edgar Frischlin esclarece um dos crimes mais intrigantes do Renascimento alemão.

___________________________________

Morte no Castelo dos Alquimistas Uma aventura policial no Renascimentocomo você nunca viu

Ele é livreiro, trabalhou como projecionista e crítico de cinema, sabe luta de espadas e há anos assume a identidade do servo Gustav, der Baer, em festivais europeus de revival da Idade Média. Desde 1993, acrescentou mais uma ocupação a seu currículo: escritor. Para o alemão Peter Gustav Bartschatt, 50, a sorte lhe sorriu quando seu primeiro romance, Die Nacht des Kalifen (A Noite dos Califas) foi publicado na Alemanha. Tratava-se de um policial que se passava na Bagdá do século 11.

Essa primeira obra serviu para Bartschatt aprender que sabia escrever policiais históricos. O passo seguinte foi o lançamento de O Castelo dos Alquimistas. Desta vez, a trama vertiginosa se desenrola em seu próprio país no século 16, bem ao gosto de Gustav, der Baer. Para compor a história, que chega ao Brasil depois de ter sido publicada com sucesso na Espanha, no México e na Bulgária, Bartschatt valeu-se de mais que uma imaginação poderosa e conhecimentos profundos sobre a época medieval. Ele lançou mão de personagens históricos (como Ricard Greinfenclau e Ulrich von Hutten) e de cenários tradicionais, que lhe são familiares – a cidade de Oberwesel, a vila de Damscheid e o castelo Schöenburg (onde, inclusive, seus pais se conheceram).

Com uma narração impressionante, cheia de reviravoltas cinematográficas e recheada de perseguições, lutas de espada e ataques de cavalaria, O Castelo dos Alquimistas conta a história de Edgar Frischlin, um sujeito simples, que por força maior vê-se obrigado a trabalhar como espião para o poderoso (e vingativo) bispo de Trier, Richard Greinfeinclau. A seu mando, ele acaba indo parar num castelo dominado por uma quadrilha perigosa e tem de desvendar o assassinato inexplicável de um nobre que andara tentando transformar chumbo em ouro. Para isso, ele contara com a ajuda essencial de uma alquimista, usando uma fórmula secreta cujo ingrediente principal era corpos humanos.

As investigações de Frischlin o conduzem a um dos principais inimigos de Greinfenclau, o poeta, cavaleiro e aventureiro Ulrich von Hutten. Só que, logo em seguida, Hutten também é morto, e as investigações se complicam. Até chegar à solução do enigma, Edgar se verá envolvido em um complô em que a luta pelo poder político, os interesses da Igreja e as artes misteriosas da alquimia se combinam para montar a maior intriga já vista no Renascimento.

Em entrevista exclusiva para o site Geração On Line, Peter Gustav Bartschatt fala – em tom jocoso e irreverente – de sua vida e sua obra.

CADASTRE-SE EM NOSSA NEWSLETTER


NOSSOS CONTATOS

Geração Editorial
Rua João Pereira, 81
Lapa - São Paulo – SP
05074-070
Telefone: +55 (11) 3256-4444
geracaoeditorial@geracaoeditorial.com.br