Caso Microsoft, O

microsoft

Caso Microsoft, O –  A história secreta de como Bill Gates construiu o seu Império
Autor: Wendy Goldman Rohm
Categoria: Reportagem
Formato 16 X 23 cm
Páginas: 376
Peso: 1000 gr
ISBN: 858602898-3
Cód. barra: 9788586028984
R$ 49,00
Editora: Geração

Sinopse:

Uma exposição sem maquiagem da história real da gigante Microsoft. Esse livro leva o leitor para o interior da sala de reuniões da empresa, onde executivos planejam monopolizar a indústria de informática, sem economizar em estratégias para isso, nem todas pautadas pela ética. O Caso Microsoft é amparado em não apenas uma, mas diversas informações sigilosas de bastidores, bem como por documentos internos da empresa, vazados por uma fonte que, tal como o “Garganta Profunda” do Caso Watergate, não foi nem será revelada. O livro revela trambém aspectos íntimos e insuspeitados da biografia de Bill Gates – como sua atração por prostitutas de luxo. Uma visão sem retoques do capitalismo pela análise de uma de suas mais poderosas indústrias.

_____________________________________

O livro que abalou o império Microsoft

O Caso Microsoft é um relato ao natural, sem maquiagens, sobre a intenção da Microsoft de monopolizar a indústria da informática. Wendy Goldman Rohm – escritora premiada que cobriu o mundo high-tech por mais de uma década e que tem artigos publicados, entre outros jornais e revistas, em Wired, Upside, The Chicago Tribune, The Boston Globe, The Financial Times e Information Week; associada ao New York Times Syndicate International, além de dramaturga e poeta – leva o leitor para o santuário interior de executivos da Microsoft, faz com que ele tenha assento em reuniões entre a Microsoft e importantes clientes e competidores, e olha para as lutas da Comissão de Comércio Federal e Ministério da Justiça, enquanto tenta desenvolver uma estratégia para relatar uma das sérias cargas de manipulação do mercado, desde John D. Rockefeller e a Standard Oil.

Esse livro é baseado em informações de não apenas um, mas diversos “Gargantas Profundas”, bem como documentos internos da empresa, que contam o seguinte:

– Como o marketing predatório e o comportamento de preço da Microsoft não correspondem a suas reclamações de competição justa;

– Como a Microsoft eliminou do mercado um sistema operacional concorrente, aquele que iria desafiar o MS-DOS;

– Como aparelhos de escuta foram encontrados na sala de hotel de um suposto parceiro de negócios da Microsoft, no dia antes de uma reunião crucial;

– Como a Microsoft inseriu um código escondido na versão beta do Windows 3.1, comercializada com ele, não aparecendo na tela, gerando medo no mercado;

– Por que a Apple desfez-se do sistema operacional do Macintosh, e a razão verdadeira porque Bill Gates decidiu investir U$ 250 milhões na Apple;

– Como a Microsoft, mesmo com contratos de não-revelação, obteve e utilizou segredos tecnológicos dos concorrentes;

– Como a maioria dos administradores de fusões na indústria do software, na qualidade de concorrentes da Microsoft revelou-se, com todos os pormenores, tentando sobreviver ao poder crescente do rolo compressor que é Bill Gates.

A ascensão da Microsoft como a mais poderosa e bem-sucedida empresa é um clássico exemplo do livre mercado, tanto quanto os entusiastas da Microsoft acreditam? O sucesso e fracasso de outras empresas são o resultado da destruição criativa que torna o capitalismo tão forte.

CADASTRE-SE EM NOSSA NEWSLETTER


NOSSOS CONTATOS

Geração Editorial
Rua João Pereira, 81
Lapa - São Paulo – SP
05074-070
Telefone: +55 (11) 3256-4444
geracaoeditorial@geracaoeditorial.com.br