Antes de partir

Antes de partir
Autora: Bronnie Ware
Tradutor: Chico Lopes
Categoria: Desenvolvimento Pessoal
Acabamento: Brochura
Formato: 15,6 x 23 cm
Págs: 316
Peso: 420g
ISBN: 9788563420312
Preço: R$ 42,00
Editora: Jardim dos Livros

E-book
ISBN: 9788563420329
Preço: R$ 26,50

Sinopse:

Eis que, ao falar da morte, Bronnie Ware nos enche de vida nestas preciosas páginas. Sem a intenção de escrever um livro de autoajuda, ela acaba nos revelando lições imorredouras.
E nos ensina que ser quem somos exige muita coragem; que o valor verdadeiro não está no que possuímos; que o que importa é como vivemos as nossas vidas; que podemos fazer alguma diferença positiva; que a vida não nos deve nada, nós é que devemos a nós mesmos; que a gratidão por todos os dias ao longo do caminho é a chave para reconhecer e curtir a felicidade agora; que a culpa é tóxica; que a solidão não é a falta de pessoas, mas de compreensão e aceitação; que é possível inventar vidas e demolir prisões criadas por nós mesmos. Enfim, ao falar da morte, baseada nos relatos de dezenas de pacientes terminais, a escritora nos revela que a percepção do tempo limitado pode aumentar a consciência que temos da vida, esta preciosidade indefinível.
É perda de tempo tentar defini-la — o mundo é espelho, reflexo de nós mesmos.

—————————————————————————————

Aprendendo a viver com os que vão morrer

Antes de partir relata os maiores arrependimentos de dezessete pacientes terminais acompanhados pela cuidadora australiana Bronnie Ware  

A morte nos amedronta e ponto final. Mas dizem que o antídoto para ela é viver intensamente todos os dias, tendo a coragem de experenciar uma vida honesta com nós  mesmos. Este é o grande segredo do livro Antes de partir, que traz lições preciosas dos relatos de dezessete pacientes terminais, transformando a experiência daqueles que estão prestes a dar seu último suspiro num alento para todos nós.
A responsável por reunir essas histórias inspiradoras foi a australiana Bronnie Ware, que passou a trabalhar como cuidadora apenas para sobreviver, mas que, aos poucos, foi se apaixonando pela profissão, tendo a sensibilidade de aprender filosofia com os últimos suspiros de seus pacientes. “Cada casa era uma sala de aula diferente”, diz Bronnie em sua obra Antes de partir, cujo título original é The top five regrets of the dying: a life transformed by the dearly departing, algo como Os cinco maiores arrependimentos dos que estão morrendo: a vida transformada (revista) na hora da partida.
Antes de reunir as principais histórias num livro, Bronnie, que também é compositora de músicas populares na Austrália, publicou alguns relatos em seu blog, sempre trocando os nomes dos pacientes, para proteger a privacidade deles e dos familiares. A repercussão a assustou, pois recebeu a “visita” de mais de um milhão de internautas em pouco tempo. Ela estava no caminho certo, como prova este livro de grande sucesso. A autora afirma que embora seu livro fale abertamente sobre morte e arrependimentos, na verdade, ela quis mesmo falar sobre  vida, coragem e esperança.
A obra fica ainda mais interessante quando acompanhamos a trajetória da própria escritora em busca da felicidade, não antes de passar por pensamentos suicidas e uma forte depressão, justamente no momento em que estava prestes a colher os frutos de anos de trabalho. As vidas e as lições vão se entrelaçando. As lições da morte vão dando lugar à vida, a uma consciência maior sobre esta preciosidade que temos dificuldade de entender.
Baseada nos relatos de seus pacientes, Bronnie nos ensina, por exemplo, que ser quem somos exige muita coragem; que o valor verdadeiro não está no que possuímos; que o que importa é como vivemos as nossas vidas; que podemos fazer alguma diferença positiva; que a vida não nos deve nada, nós é que devemos a nós mesmos; que a gratidão por todos os dias ao longo do caminho é a chave para reconhecer e curtir a felicidade agora; que a culpa é tóxica; que a solidão não é a falta de pessoas, mas de compreensão e aceitação; que é possível inventar vidas e demolir prisões criadas por nós mesmos. Enfim, ao falar da morte, a escritora nos revela que a percepção do tempo limitado pode aumentar a nossa consciência pela vida e nos induzir a tratá-la como uma preciosidade, que, realmente, ela é.
Esta obra mostra que a morte é a nossa grande conselheira por uma vida melhor. Vamos ouvi-la com atenção, em vez de temê-la.

Sobre a autora

Bronnie Ware é escritora, cantora ecompositora australiana. Ficou conhecida através de seu blog pessoal, em que compartilhava as principais histórias e experiências de seus pacientes à beira da morte. Com o sucesso do blog, decidiu publicar o seu primeiro livro, Antes de partir. Seu site oficial é o www.bronnieware.com.

Entrevista com a autora

Quais são os seus cinco valores principais para a vida e qual é a sua opinião sobre morrer?
1. Discurso nobre – sem fofocas, sem mentiras;
2. Sempre honrar o meu coração;
3. Ser gentil;
4. Viver em gratidão;
5. Respirar ar fresco.
Já estive perto de muitas pessoas que estavam morrendo, incluindo aqueles que sorriram alegremente para algo ou alguém que eu não podia ver quando estavam diante da morte. Eu não posso fazer nada a não ser acreditar que há outros lugares para ir ou para retornar. Morrer é apenas mais uma transição na jornada da nossa alma.

O que te levou a falar sobre a morte como tema?
Embora eu sempre tenha sido um pouco filósofa e aceitado a morte como parte da vida, não foi uma escolha consciente me interessar pelo tema. A área de atuação tornou-se parte da minha vocação sem que realmente a visse chegando. Eu estava procurando um trabalho com o coração: encontrei-o!

Então o que a fez trabalhar como cuidadora? Alguma coisa mudou em você depois de exercer esse trabalho?
O trabalho como cuidadora me escolheu, de verdade. Eu queria fazer um trabalho em que pudesse residir nele, assim não teria de pagar aluguel ou um financiamento. Não queria ficar presa nesses ciclos de pagamento, me permitindo ser mais livre para trabalhar em minhas composições musicais. Mas o trabalho logo se tornou o meu ganha pão. Sou uma pessoa muito mais forte e feliz graças a tudo o que aprendi através dos momentos em que passei com pessoas à beira da morte.

O que chama atenção no seu livro é que um dos primeiros a focar diretamente nos arrependimentos diante da morte. Quais eram, afinal, os maiores arrependimentos dos que estavam à beira da morte?
Eu queria ter vivido a vida que desejava, não aquela que os outros esperavam de mim;

  1. Eu queria não ter trabalhado tanto;
  2. Eu queria ter tido coragem de expressar os meus sentimentos;
  3. Eu queria ter estado mais perto dos meus amigos;
  4. Eu queria ter me feito mais feliz.

O que mais podemos encontrar no livro?
Embora fale abertamente sobre morte e arrependimentos o livro, na verdade, é  sobre  vida, coragem e esperança.

Que lições de vida você ganhou ao trabalhar com os que estão à beira da morte?
Que no final de sua vida o que as outras pessoas pensam de você é irrelevante. Por que se preocupar com isso antes, então? Viva uma vida boa e amável, mas sempre sendo forte e permanecendo fiel ao seu próprio coração acima de tudo. Sua vida é sua própria escolha. Sua felicidade é sua própria escolha. E no final da sua vida, quando olhar para trás, isso se tornará ainda mais evidente.

Qual é a sua intenção ou desejo para os leitores de Antes de partir?
Que encontrem a coragem de viver uma vida honesta consigo mesmos e que sejam capazes de revisitar o livro quando sentirem que a esperança precisa de renovação.

Agora que você conhece os maiores arrependimentos daqueles que estiveram à beira da morte, quais são os arrependimentos que você certamente não terá nessa vida?
Aprendi a ter compaixão comigo mesma pelas coisas do passado que eu poderia ter feito diferente. Prefiro compaixão ao arrependimento. Hoje sou uma pessoa diferente, muito mais forte, então tenho a coragem de tomar as decisões certas. Isso me certifica que não estou criando futuros arrependimentos.

Para finalizar, gostaria de compartilhar com os seus leitores algo inspirador a respeito da vida ou da morte?
Escute o seu coração. É lá onde as respostas estão. O que você precisa saber vai emergir em momentos de tranquilidade, quando não são forçados. Seja corajoso o suficiente para confiar em seus passos enquanto eles se revelam a você, sem saber exatamente como tudo irá se resolver, mas com fé que seu coração lhe guiará através da caminhada.

CADASTRE-SE EM NOSSA NEWSLETTER


NOSSOS CONTATOS

Geração Editorial
Rua João Pereira, 81
Lapa - São Paulo – SP
05074-070
Telefone: +55 (11) 3256-4444
geracaoeditorial@geracaoeditorial.com.br