Agente 114- O caçador de bandidos

Autor: Luiz Antonio da Cruz Pinelli
Gênero: Biografia
Acabamento: Brochura com laminação fosca e verniz UV
Formato: 15,6x23cm
Páginas: 272
ISBN: 978-85-8130-426-7
Preço: R$ 54,00
Editora: Geração Editorial

Sinopse:

Sinônimo de eficiência e seriedade, a Polícia Federal faz tremer os mais temidos e audazes criminosos, como mostra Luiz Antonio da Cruz Pinelli aqui em sua autobiografia, Agente 114, o Caçador de Bandidos. Com 40 anos de intensa e exemplar atuação na PF, ele tem muitas histórias extraordinárias para contar. Policial incorruptível, Pinelli atuou, nas últimas décadas, na solução dos mais difíceis, delicados e cinematográficos casos de tráfico de drogas, sequestros e roubos no País, como no Banco Central em Fortaleza. Em narrativa ágil, quase roteiro de um grande filme, ele revela em detalhes segredos dessas operações. Este é um livro que interessa a todos, desde quem deseja ingressar na polícia e aos já policiais, bem como aos profissionais e estudantes da área jurídica, além de jornalistas, psicólogos, sociólogos, políticos, autoridades e ao público em geral. São histórias reais, vibrantes, de quem passou a maior parte da vida na luta contra o narcotráfico e outros delitos que ameaçam a civilização.

Leia o primeiro capítulo aqui

Biografia do autor

Pinelli é agente da polícia federal desde 1981, especializado em interdição de aeronaves com drogas; professor de técnicas operacionais na Academia Nacional de Polícia e exerceu a função de Adido Policial Federal Adjunto na Embaixada do Brasil em Caracas – Venezuela e também as funções de Oficial de Ligação no Paraguai e Bolívia.

Release

Ao longo de quatro décadas na Polícia Federal, Luiz Antonio da Cruz Pinelli perdeu a conta dos criminosos que ajudou a colocar na cadeia e das toneladas de drogas que não chegaram ao destino graças ao seu trabalho. Nem sempre agindo apenas nos bastidores, no trabalho silencioso e sagaz de “unir pontas soltas de uma investigação”, mas também na linha de frente, no perigoso “jogo de gato e rato”.
Agora é hora de prestar contas à história, o que ele faz em grande estilo aqui no seu livro Agente 114, o Caçador de Bandidos. O agente da Polícia Federal vem a público fazer o balanço de uma das mais belas carreiras que um agente de segurança pública pode almejar. A atuação de Luiz Pinelli é essencial para se entender a história do combate ao narcotráfico no Brasil. O agente personifica a evolução do aparato de segurança pública do País no combate ao mal das drogas, das barreiras pouco eficientes nas fronteiras, na década de 1980, ao uso de tecnologia de ponta na vigilância de alvos muito sensíveis. Não há uma operação relevante de combate ao tráfico de entorpecentes que não conte com a sua participação, em maior ou menor grau. Sem mencionar ações contra quadrilhas de ladrões e sequestradores.
Está tudo aqui: campanas sem fim nos sertões afora; um paciente trabalho de escuta telefônica; o tirocínio capaz de resolver um rumoroso caso de sequestro a partir de uma videolocadora; tiroteios que por mais de uma vez colocaram a vida do agente por um fio. “A persistência talvez seja o grande segredo no combate ao narcotráfico”, afirma. Pinelli não sabe quantos Natais, Dias das Mães, aniversários dele e de familiares passou longe de todos, a trabalho.
E confessa: “Todo policial tem histórias tristes para contar”. Tanta ação narrativa provoca um efeito anestésico no leitor – por ironia, quase como o das drogas que o agente combate: difícil abandonar a leitura deste livro. Que privilégio para o País ter um policial da qualidade de Luiz Pinelli. E, agora, que grande oportunidade a de saborear suas melhores histórias.

Allan de Abreu
Jornalista e escritor, autor de O Delator e Cocaína: a Rota Caipira.

CADASTRE-SE EM NOSSA NEWSLETTER


NOSSOS CONTATOS

Geração Editorial
Rua João Pereira, 81
Lapa - São Paulo – SP
05074-070
Telefone: +55 (11) 3256-4444
geracaoeditorial@geracaoeditorial.com.br